‘A CPI tem que apurar verdades e não fazer injustiças’, diz senador sobre alguns métodos da comissão

Na ocasião, os membros da CPI da Pandemia estavam analisando pedidos de quebra de sigilo telefônico
CPI senador
Fotos: Jefferson Rudy/Agência Senado

Manaus – O senador Jorginho Mello (PL-SC), um dos defensores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), criticou nesta quinta-feira (10) alguns métodos adotados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, no Senado Federal.

Na ocasião, os membros da CPI estavam analisando pedidos de quebra de sigilo telefônico, entre eles, do ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo.

Jorginho falou em seu posicionamento que a CPI deve apurar verdades e não cometer injustiças com as pessoas.

“Não é razoável quebrar o sigilo telefônico de pessoas que nem fora ouvidas. Como vamos quebrar o sigilo de quem não veio aqui? Quero deixar consignado para não se arrepender depois de cometer injustiças. A CPI tem que apurar verdades e não fazer injustiças”, disse.

Logo em seguida, o presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), respondeu o colega no plenário e disse que trabalha pela verdade.

“Eu também estou preocupado em apurar verdades e não cometer injustiças. Por isso, temos retirado alguns nomes para não fazer isso […] Com relação às três empresas que trabalham na Secom (Secretaria de Comunicação Especial), nós temos certezas de algumas coisas, que não dá para falar aqui, mas vamos investigar”, reitera.

Cloroquina

Não é a primeira vez que o senador Jorginho critica métodos adotados na CPI da Pandemia. Recentemente ele afirmou que a comissão não deve ficar apenas nos assuntos relacionados ao medicamento hidroxicloroquina, defendido pelo presidente Bolsonaro.

“Tem escândalo, tem roubalheiras. Não pode ficar só na cloroquina, se foi dado, se não foi dado. Enfim, quem dá remédio é médico, é quem receita”, afirmou o senador durante entrevista ao canal CNN Brasil no dia 20 de maio.

Leia também: Portal Tucumã sorteia prêmios para o Dia dos Namorados

CPI senador

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap