Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

11 de agosto, 2022

Academia Stem: laboratório móvel leva cultura maker para alunos do Ensino Médio de escolas estaduais

Carretas ofertarão cursos gratuitos de tecnologias digitais, indústria 4.0 e robótica
Foto: Divulgação/Secom

Manaus (AM) – Em preparação para ingresso na Universidade e no mercado de trabalho, os alunos do Ensino Médio, da rede estadual de ensino, contam com um novo aliado na grade curricular: o projeto Academia Stem.

Fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc), com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e a Samsung, a iniciativa alcançará mais de 2,3 mil estudantes com cursos gratuitos de Tecnologias Digitais, Indústria 4.0 e Robótica.

As atividades serão realizadas em dois laboratórios móveis, carretas que farão rotatividade nas escolas que possuem Ensino Médio. Neste primeiro momento, os laboratórios estão estacionados na Escola Estadual José Bernardino Lindoso, zona Norte de Manaus, e no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam), que está atendendo os alunos das unidades estaduais da zona Sul.

Leia também: Semana da Inovação discutirá melhorias no serviço público

Para Ana Soares, 17, o projeto chega de forma inovadora. A aluna do 1º ano sonha em cursar medicina e, para ela, o uso da tecnologia irá agregar valor ao seu currículo “Vai ser muito bom desenvolver essa parte tecnológica para o meu futuro, até porque eu penso que vai chegar um tempo em que não vamos mais usar as mãos e sim os robôs. É uma experiência muito boa, poucas escolas têm essa oportunidade”.

A estudante Lyandria Guimarães, 15, sempre sonhou em cursar direito, no entanto, com a chegada da Academia Stem, a aluna do 1º ano abriu as portas para novas possibilidades e comparou a iniciativa à um orientador vocacional “Com o projeto, quem ainda não tiver certeza do que quer, conhecerá outras áreas, outros rumos. É uma grande oportunidade”.

Foto: Divulgação/Secom

Os laboratórios possuem 90 metros quadrados, com capacidade total para 40 alunos. Os ambientes dispõem de estações de corte e laser, impressora 3D e computadores modernos. Nas carretas, o ensino aprendizagem seguirá o método da cultura maker, ou seja, construção de objetos e desenvolvimento de projetos a partir do princípio ‘faça você mesmo’.

“Aqui o aluno coloca a mão na massa, aprende errando, usando tecnologia maker. Com isso, o aluno é certificado pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o que pode ajudar em sua empregabilidade ou na adequação do nosso Polo Industrial de Manaus”, explicou o professor Adan Medeiros, coordenador do Pilar da Atração da Academia Stem.

Pilar da Atração – Desenvolvido pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o Pilar da Atração, alicerce do Projeto Academia Stem, busca despertar o interesse dos alunos pelas disciplinas de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática, a fim de que, futuramente, esses estudantes ingressem nos cursos de engenharia da unidade.

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS