Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

11 de agosto, 2022

Agência americana autoriza uso emergencial das vacinas da Moderna e da Pfizer para bebês de seis meses

No amazonas, mais de 7 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicadas
No primeiro trimestre devem chegar ao Brasil quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças (Foto: Divulgação)
No primeiro trimestre devem chegar ao Brasil quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças (Foto: Divulgação)

A agência americana, Food and Drug Administration (FDA), anunciou nesta sexta-feira (17), que aprovou o uso emergencial das vacinas da Pfizer e da Moderna para bebês a partir de seis meses de idade.

“Muitos pais, cuidadores e médicos estão esperando por uma vacina para crianças mais novas e esta ação ajudará a proteger crianças de até 6 meses de idade. Como vimos com grupos etários mais velhos, esperamos que as vacinas para crianças mais novas forneçam proteção contra os resultados mais graves da Covid-19, como hospitalização e morte”, disse o comissário da FDA Robert M. Califf.

O imunizante da Moderna já havia sido autorizada em pessoas com idade a partir de 18 anos, já a Pfizer, tinha aprovação para vacinar crianças contra covid-19 com cinco anos de idade e agora, passa a ser aplicada em recém-nascidos a partir dos seis meses de vida até crianças de quatro anos.

Números da vacinação no Amazonas

Mais de 7 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, foram aplicadas no estado do Amazonas até esta quarta-feira (15). As informações são da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), por meio do Programa Nacional de Imunização.

Segundo dados da FVS, um total de 7.223.247 doses foram aplicadas em todo o estado, sendo 3.175.039 de primeira dose, 2.636.140 de segunda dose, 63.100 com dose única, 1.230.607 de 1ª dose de reforço e 118.361 de 2ª dose de reforço. A informação está disponível no site da FVS-RCP.

Leia mais

MATERIAS RELACIONADAS