quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Alejandro Valeiko foi para o Rio de Janeiro acompanhado de seguranças da Prefeitura de Manaus

Alejandro Molina Valeiko, 29, principal suspeito na morte do engenheiro Flávio Rodrigues, 42, viajou para o Rio de Janeiro (RJ) acompanhado de seguranças que trabalham para a Prefeitura de Manaus (PMM). Eles viajaram com Alejandro depois de prestarem esclarecimentos no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) sobre a morte do engenheiro.

O filho da primeira-dama do município, Elizabeth Valeiko, viajou para o Rio de Janeiro na última quinta-feira (03) acompanhado por Walter da Silva Nascimento e Rafael Leite de Souza, ambos funcionários da Casa Civil e Casa Militar, respectivamente.

A equipe de reportagem do Portal Tucumã divulgou no último sábado (05) em primeira mão o ticket de embarque que pertence à empresa Gol Linhas Aéreas.

Conforme o Portal de Transparência da Prefeitura, Walter da Silva Nascimento pertence ao Gabinete Pessoal do prefeito Arthur Neto (PSDB) no cargo de assessor técnico II. Walter acompanha o prefeito Arthur com muita frequência em eventos oficiais promovidos pela prefeitura.

De acordo com o Portal da Transparência, Rafael Leite de Souza pertence à Casa Militar, no Gabinete do Secretário ocupa o cargo de Secretário.

Walter da Silva Nascimento (esquerda) e Rafael Leite de Souza (direita). Foto: Divulgação

Em nota, o prefeito Arthur Neto, através da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), disse que o Decreto 2572/2013, responsável pelo Regimento Interno da Casa Militar, tem por finalidade “planejar, coordenar e executar as ações de segurança pessoal do prefeito, do vice-prefeito e respectivas famílias, assim como das autoridades e visitantes da sede da Prefeitura Municipal, conforme determina em seu artigo 2º”.

Uso de veículo da prefeitura

Segundo a equipe de investigação em torno do caso, o veículo que o sargento da PM, Elizeu da Paz de Souza, 37, e pelo ex-PM Mayc Vinícius de Teixeira Parede, 37, entraram no local do crime pertence à Prefeitura Municipal de Manaus.

Relembre o “Caso Flávio”

Na última segunda-feira (30) o corpo do engenheiro Flávio Rodrigues, 42, foi encontrado no bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus. Ele desapareceu após uma festa em um condomínio de luxo onde mora Alejandro Valeiko, filho da primeira-dama do município, Elizabeth Valeiko.

Elielton Magno de Menezes Gomes Júnior, 22, Vitório Del Gato, José Edvandro Martins de Souza Junior, 31, Elizeu da Paz de Souza, 31, e Mayc Vinícius Texeira Parede, 37, foram presos pela polícia suspeitos de participarem da morte de Flávio.

Alejandro Valeiko se entregou hoje à polícia depois de viajar para o Rio de Janeiro.

Da Redação

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também