Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

11 de agosto, 2022

Amante é condenada a pagar R$ 3 milhões para esposa do traidor

Traidor admitiu o “pulo para fora da cerca” e até confessou ter tido um filho com a amante. Caso foi revelado nesta quarta-feira
(Foto: Divulgação/Pexels)

Uma mulher, da China, foi condenada a indenizar a esposa do seu amante em 3,79 milhões de yuan, que equivale a cerca de R$ 3 milhões. O caso foi divulgado pelo portal chinês de notícias “South China Morning Post”, nesta quarta-feira (03).

A traída deu ingresso a ação judicial para que a amante devolvesse a ela todos os bens materiais que havia recebido enquanto estava no relacionamento extraconjugal.

O juiz que cuidou do caso no Tribunal Popular de Zhuanghe (Liaoning, China) deu ganho de causa à esposa. 

O caso secreto entre o marido e a amante começou em 1991, mas só foi descoberto em 2020, quando a esposa analisou as contas do marido e notou transferências de dinheiro para a outra.

O traidor admitiu o “pulo para fora da cerca” e até confessou que também teve um filho com a amante. A criança agora tem 10 anos é sustentada pelo pai biológico. 

Ao tribunal, a amante afirmou que nunca soube que o homem era casado. Disse ainda que o dinheiro recebido ao longo dos anos era para pensão alimentícia. Entretanto, a Justiça alegou que o caso era sobre propriedade e não arquivos de pensão alimentícia. 

Segundo a lei da China, nenhuma das partes em um casamento pode gastar os bens conjuntos sem o consentimento da outra parte. Por causa disso, agora a amante precisará “reembolsar” os gastos do homem com quem teve um relacionamento extraconjugal.

A Justiça concedeu a ela a opção de abrir um caso separado e processar Wang para que ele pague pensão alimentícia.

LEIA MAIS:

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS