Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

10 de agosto, 2022

Amazonas já tem 3 casos suspeitos de varíola dos macacos

As pacientes recém-diagnosticadas com a doença são mulheres, de 26 e 31 anos, que não têm qualquer vínculo de contato
(Foto: Davi Ruvic/Reuters)

Amazonas (AM) – Foram registrados dois casos suspeitos da varíola dos macacos (a Monkeypox), no Amazonas, nesta terça-feira (5). Agora, o estado totaliza três ocorrências suspeitas da doença. Os pacientes estão sendo monitorados pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) da Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP).

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), as pacientes recém-diagnosticadas são mulheres, de 26 e 31 anos. As jovens não possuem vínculo algum de relação, mas relataram sintomas semelhantes. As pacientes apresentam dor no corpo, febre, fotossensibilidade, dor de garganta e pústulas. As duas estão estáveis e isoladas.

Em nota, a SES recomendou aos que apresentarem sintomas, para procurarem uma unidade de saúde e se isolar socialmente.

O primeiro caso da Monkeypox no Amazonas foi registrado na última sexta-feira (1º), em um homem que foi a Parintins, junto a turistas holandeses e franceses. Após apresentar sintomas, ele deu entrada na Fundação de Medicina Tropical (FMT).

O resultado de diagnóstico pode ser divulgado em até 15 dias.

Sintomas

A Monkeypox carrega sintomas como: febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas costas, gânglios linfáticos inchados, calafrios, exaustão, manchas. Como ainda não existe um tratamento específico para a doença, os médicos receitam medicamento de acordo com os sintomas apresentados.

Transmissão

A doença pode ser transmitida pelo contato direto com as gotículas da pessoa infectada e pelo contato com a pele da pessoa infectada.

LEIA MAIS:

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS