Após perder o mandato, Flordelis diz que teme ser presa

Segundo a agora ex-deputada, há muitas irregularidades no processo que apura a morte de seu marido, no qual ela é acusada de ser a mandante
Foto: Metrópoles

Após ter seu mandato cassado nesta quarta-feira (11), em decisão tomada pelo plenário da Câmara, a agora ex-deputada federal Flordelis (PSD-RJ) disse que teme ser presa devido a muitas irregularidades que, segundo ela, foram cometidas no processo que apura o assassinato de seu marido, Anderson Torres, do qual ela é acusada de ser a mandante.

“Temo (ser presa)”, respondeu a ex-parlamentar, ao ser questionada sobre o assunto. “Foram tantas covardias feitas dentro desse processo que eu acredito que os jornalistas sérios deveriam procurar para ver de perto cada erro dele”, argumentou.

Por 437 votos a favor, 7 contrários, e 12 abstenções, o plenário da Câmara decidiu cassar o mandato da deputada. Dessa forma, Flordelis perdeu o foro privilegiado decorrente da função de parlamentar e poderá ser julgada pela Justiça comum.

Com informações do Metrópoles

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap