Aprovados no concurso 2019 da Semef reivindicam nomeação

Comissão afirma que os servidores lotados nesta secretaria são oriundos de concursos antigos, sendo o último em 1995
Por Karol Maia
Publicado em 25/02/21 às 12h28

A comissão de aprovados no concurso da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), do ano de 2019, reivindica a nomeação dos profissionais qualificados. Na segunda-feira (22), a comissão participou de um encontro na Câmara Municipal de Manaus (CMM), para debater sobre o assunto.

Os aprovados foram ouvidos pela CMM, que durante reunião, assegurou encaminhar as demandas solicitadas ao secretário de finanças do município de Manaus.

Essa comissão foi criada em agosto de 2019 com o objetivo de acompanhar mais de perto todos os trâmites de convocação do concurso e é formada por Wagner Martins Monteiro (assistente técnico), Amadeu Neto (assistente técnico de tecnologia da informação da fazenda municipal), Marcus Vinícius Ramos (assistentes técnico fazendários e auditor de tributos municipais) , Lucas Pereira e Diego Barros (assistentes técnicos fazendário).

“Foi necessário formar essa comissão quando notamos a demora na homologação do concurso. A prova foi em maio de 2019, a homologação somente ocorreu em março de 2020 e a primeira nomeação em dezembro deste mesmo ano”, disse o assistente técnico fazendário, Diego Barros.

O candidato destacou ainda que os servidores lotados nesta secretaria são oriundos de concursos antigos, sendo o último em 1995, e que muitos com o passar do ano, aposentaram-se, faleceram ou solicitaram exoneração.

“A Semef estava há 25 anos sem concurso e nossa demanda é a chamada dos cargos do edital e os cargos vagos do órgão, visto que estão com o quadro de servidores antigos. Somente nove concursados foram nomeados até hoje. Acreditamos que os vereadores estão sensíveis à realidade do quadro atual, que é necessária uma reformulação. Pedimos que possam fazer a intermediação entre a comissão de aprovados e os secretários e subsecretários, já que a Semef está cada vez mais digital,” explicou.

*Com informações: CMM

LEIA TAMBÉM

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap