Arthur Lira diz que situação da BR-319 é mais orçamentária do que política

Arthur Lira cumpre agenda na região Norte em busca de apoio ao seu nome
Por Edilânea Souza
Publicado em 07/01/21 às 10h17
Arthur Lira
Arthur Lira

O candidato à presidência da Câmara dos Deputados, em Brasília, deputado Arthur Lira (PP-AM) disse durante coletiva de imprensa, na manhã desta quinta-feira (7), em Manaus, que se eleito vai usar do diálogo para resolver questões ligadas à BR-319 no Amazonas, à Zona Franca de Manaus e outros temas.

“Eu não faço e nem farei a pauta do Brasil sozinnho e é isso que eu venho dizendo e deixando claramente. A pauta do Brasil é feita por um colégio de líderes que representam os deputados na bancada e essas discussões são vindas e trazidas da base de quem viaja todo semana, Os problemas do Amazonas serão tratados como os problemas da região Norte”, disse Lira.

De acordo com o parlamentar, as entraves para solucionar o andamento das obras na BR-319 se trata mais de questão orçamentária do que mesmo política e que a crise causada pela pandemia do coronavírus impediu votações importantes na Câmara, entre elas o orçamento impositivo.

“A questão da BR-319 é muito mais orçamentária do que política, e o orçamento que eu defendo e que já defendi ano passado e foi aprovaso, só que numa desarrumação entre a articulação do governo e do Congresso, o governo vetou e por causa da pandemia nós não conseguimos derrubar o veto. O orçamento impositivo vai ser votado em fevereiro”, ressaltou Arthur Lira.

Sobre a visita a fábrica da Moto Honda nesta quarta-feira (6), Lira disse que além dos empregos que o setor já mantém é necessário ampliar e modernizar

“A visita na Honda deixou claro a geração de empregos, amanutenção dos empregos, a inovação tecnológica, novos setores sendo criados com muita previsibilidade e muita programação.

Ainda na coletiva, Arthur Lira enalteceu a pessoa do deputado amazonense, Marcelo Ramos (PL-AM), que faz parte da chapa concorrendo como 1º vice-presidente ao lado de Lira.

Eleição na Câmara

Arthur Lira disse ainda na coletiva, que conta com o apoio da bancada nos estados da região Norte e segue buscando apoio nas demais regiões do país. A eleição está prevista para acontecer no início de fevereiro, após retorno dos trabalhos na Casa.

Saúde

Arthur Lira também falou sobre a crise do coronavírus no Amazonas, único estado brasileiro que atingiu a fase roxa da doença. “Não vão faltar recursos para vir para o Amazonas e nós vamos ingerir para isso. O importante é o que eu disse aqui, nós temos que começar a vacinar, e que se comece por aqui. Nós que temos que fazer é apertar para que a saúde inicie a vacinação e que seja pelo Amazonas”, disse Lira.

Investimentos

Lira também destacou que para atrair investimentos de empresas internacionais o Brasil precisa fazer reformas como prioridade. “Os investidores externos não vão vir se tiverem uma sinalização ruim da política. Então as reformas serão necessárias ainda no primeiro semestre de 2021. Na minha opinião, a prioridade são as reformas emergenciais, administrativas e tributárias na sequência”, disse Lira.

Outro ponto destacado por Lira na coletiva é quanto os informais descobertos durante a pandemia. “Nós temos uma questão da base da pirâmide brasileiro que precisa ser tratada. A gente descobriu aí nessa pandemia que 20 milhões de brasileiro que não faziam parte sequer do Cadastro único, que são totalmente idependente do estado e de qualquer ação. Nós não teremos orçamentos para isso e não vamos ter “PEC de Guerra de novo”, destacou o parlamentar.

Foto: Jhonata Lobato

Leia mais: Bancada amazonense apoiará candidatura de Arthur Lira na Câmara

Arthur Lira

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap