Ator pornô pode ter feito mais de cinquenta vítimas de abuso sexual, revela atriz

O ator de filmes adultos Ron Jeremy foi acusado de estuprar três mulheres e de agredir uma quarta em incidentes em West Hollywood entre os anos de 2014 e 2019
Por Raphael Sampaio
Publicado em 25/06/20 às 09h21

(Foto: Reprodução)

Ginger Banks, a atriz pornô que expôs pela primeira vez uma série de acusações de abuso sexual contra o astro de filmes adultos Ron Jeremy, revelou ao jornal britânico “The Sun” que já falou com pelo menos outras 50 supostas vítimas dele – todas alegam terem sido apalpadas ou estupradas pelo ator americano de 67 anos.

Banks, de 30 anos, disse que se sente “vingada” depois que Jeremy foi preso e acusado, nesta terça-feira (23), em Los Angeles, nos EUA, de estuprar três mulheres e agredir outra, entre 2014 e 2017. A punição veio três anos após ela ter lançado um vídeo no YouTube contendo as alegações de várias mulheres contra o veterano ator pornô e alertando outros membros da indústria adulta sobre seu suposto comportamento.

A atriz americana contou ao “The Sun” que foi apalpada por Jeremy numa premiação em 2016, antes de descobrir acusações semelhantes de outras mulheres contra ele. “As histórias são todas iguais. As pessoas o procuravam, ficavam realmente empolgadas porque estavam conhecendo Ron Jeremy e pediam para tirar uma foto. Enquanto fazia a foto, ele violava as mulheres com o dedo, agarrava-as ou punha a boca no peito delas. Às vezes, as meninas se inclinavam no set de filmagem e ele as penetrava”.

Para ela, parece que se uma mulher conhece Jeremy e não é tocada por ele de forma inadequada, ela faz parte de uma minoria. “Quando eu o conheci, ele apertou minha bunda, eu estava de jeans. Foi uma exposição muito ruim. Foi minha primeira (feira da indústria pornográfica) e as pessoas estavam me tocando muito . Então isso meio que se misturou … Eu nem pensei nisso até que todas essas coisas começaram a ser divulgadas também”, afirmou Banks ao jornal.

Segundo a atriz, nos últimos dois anos, cerca de cem pessoas falaram com ela sobre seu vídeo no Youtube, metade de pessoas que viveram alguma situação de abuso e outra metade de pessoas que viram isso acontecer com suas amigas. Várias mulheres já haviam alegado que o veterano ator pornô as apalpava sem o consentimento delas. Isso levou Jeremy a ser banido da maioria dos eventos de alto nível da indústria adulta.

Ron Jeremy foi acusado e preso por três estupros e uma agressão sexual (Reuters)

O promotor distrital do condado de Los Angeles anunciou nesta terça-feira que Jeremy – que na verdade se chama Ronald Jeremy Hyatt – havia sido indiciado por três crimes de estupro e penetração forçada por objeto estranho. A quarta acusação foi de sexo oral forçado e agressão sexual.

Em seguida, o réu apareceu algemado no Tribunal Superior do Condado de Los Angeles, com os promotores recomendando uma fiança de US$ 6,6 milhões. Se condenado, Jeremy pode ser condenado a até 90 anos de prisão. Ele escreveu no Twitter: “Sou inocente de todas as acusações. Mal posso esperar para provar minha inocência no tribunal! Obrigado a todos por todo o apoio”.

Extra

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link