Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

7 de agosto, 2022

Auxílio Brasil: Prefeitura de Manaus prorroga prazo de atualização do Cadastro Único

Prefeitura promove o 10° mutirão de Cadastro Único neste sábado. Foto: Marcely Gomes / Semasc

Manaus (AM) – A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), informa que o prazo para atualização do Cadastro Único das famílias beneficiárias do Programa Auxílio Brasil foi prorrogado para o dia 14 de outubro de 2022. O prazo estabelecido pelo Ministério da Cidadania venceria nesta sexta-feira, 15/7.

A atualização de dados das famílias inseridas no Cadastro Único deve acontecer quando houver mudança de alguma informação como endereço ou renda, ou a cada dois anos, mesmo não havendo alteração nas informações.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura de Manaus oferta cem vagas gratuitas para palestra sobre planejamento financeiro

“Apesar da prorrogação do prazo, a Prefeitura de Manaus continuará realizando os mutirões do Cadastro Único nos fins de semana. Essa estratégia, junto com o aumento no número de cadastradores, ampliação do número de unidades atendentes e extensão do horário de atendimento tem feito com que as nossas unidades não registrem filas quilométricas e muito menos que as pessoas durmam nas portas das unidades para conseguir atendimento”, afirmou a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes. 

Famílias que foram convocadas para fazer a averiguação cadastral (quando há divergência no cruzamento de informações do banco de dados do governo com as informações declaradas pelo beneficiário) têm até o dia 12 de agosto de 2022 para atualizar o Cadastro Único e evitar o cancelamento do benefício.

LEIA TAMBÉM: ‘Sun Manauara’: programação terá exposição de Harley-Davidson e Espaço Villa Ludos neste fim de semana

A comunicação com as famílias incluídas nos processos de atualização cadastral é feita por meio de mensagens no extrato de pagamento dos benefícios e pelo aplicativo do Programa Auxílio Brasil.

“É importante destacar que a atualização deve acontecer a cada dois anos. Temos uma procura grande de famílias que atualizaram o cadastro no ano passado e já nos procuram para atualizar novamente. Não é necessário. Ela só deve procurar o CRAS antes dos dois anos se houver alteração em alguma das informações”, reforçou Douglas Marques, chefe da Divisão de Cadastro Único e Transferência de Renda da Semasc.

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS