Auxílio de R$ 600: a cada 4 “nãos”, Dataprev reanalisa 1. Saiba contestar

Confira o passo a passo.
Por redacao
Publicado em 28/05/20 às 02h18

Um a cada quatro (25%) brasileiros que tiveram o cadastro no aplicativo do auxílio emergencial de R$ 600 negado estão em reanálise, segundo a Caixa Econômica Federal.

Cerca de 19,9 milhões de inscrições foram consideradas inelegíveis pela Dataprev, que faz o processamento, e pelo Ministério da Cidadania, que valida os dados. Desse total, cinco milhões estão passando por uma segunda análise, feita pela estatal.

Em paralelo, o governo federal analisa, pela primeira vez, outros 5,1 milhões de cadastros. Os registros incluem parte das pessoas que fizeram a inscrição no dia 7 de abril, data de lançamento do aplicativo, mas que encontraram algum problema no meio do caminho.

Atrasados

Assim, pelo menos 10,1 milhões de pessoas estão aguardando para receber a primeira parcela do auxílio emergencial.

Contudo, esse cálculo não inclui as mães adolescentes. O benefício foi ampliado para elas após terem sido barradas por terem menos de 18 anos. A nova legislação foi sancionada no último dia 14, mas desde então não houve sequer um calendário.

Apesar do atraso, a Caixa Econômica garante o pagamento de todo o auxílio emergencial mesmo se o cadastro tiver sido feito depois do início dos pagamentos. Por ora, o governo prevê três parcelas, mas estuda a ampliação do benefício.

Por outro lado, 46 milhões de brasileiros receberam, até essa quarta-feira (27/05), a primeira e a segunda parcela do benefício de R$ 600.

Como contestar

Cidadãos que tiveram o benefício de R$ 600 negado podem contestar o resultado da análise feita pela Dataprev. Veja, a seguir, o passo a passo:

  1. Abra o aplicativo da Caixa e selecione “Acompanhe sua solicitação”;
  2. Informe os dados e cadastre para prosseguir;
  3. A Caixa vai informar por que o auxílio foi negado. Nesta tela, é possível clicar em “nova solicitação” ou “contestar essa informação”;
  4. Acesse “contestar essa informação”. Vai aparecer uma mensagem de alerta sobre a contestação, que só pode ser feita uma única vez;
  5. Apresente os motivos que estão sendo contestados e, caso deseje continuar, deve selecionar o botão continuar;
  6. Vai ser exibida uma declaração sobre a veracidades das informações prestadas;
  7. Por fim, o pedido de contestação será analisado pela Dataprev. É possível companhar a opção “Acompanhe sua solicitação”

Metrópoles

MATÉRIAS RELACIONADAS

Agências da Caixa não abrem neste sábado

Agências da Caixa não abrem neste sábado

Em relação ao auxílio emergencial, cerca de 1,9 milhão de inscritos no Bolsa Família, com o Número de Inscrição Social (NIS) de final 8, poderão sacar o benefício na próxima segunda-feira (28).

Copy link
Powered by Social Snap