BBB21: Rodolffo corrige Ana Maria Braga no termo ‘escolha sexual’ por ‘não é uma escolha, é desde que nasce’

O cantor voltou a se desculpar pelo comentário a respeito do cabelo de João Luiz, disse o que pretende fazer daqui pra frente sobre esse assunto e analisou a própria eliminação
Por Sthefane Campos
Publicado em 07/04/21 às 14h06

Hora de recalcular a rota! Rodolffo foi o eliminado desta terça-feira (6) no BBB21, com 50,48% dos votos. Hoje (7), o ex-brother participou do café da manhã com Ana Maria Braga no “Mais Você”, e comentou sobre sua passagem pelo reality global. O cantor voltou a se desculpar pelo comentário a respeito do cabelo de João Luiz, disse o que pretende fazer daqui pra frente sobre esse assunto e analisou a própria eliminação.

Eliminação justa

Para o sertanejo, sua eliminação do BBB21 foi justa, principalmente depois do episódio com o professor de Geografia. “Esperava [minha eliminação] e achei justa. É um assunto muito delicado. Eu, infelizmente, estou no meio dele. Para o nosso país, para o mundo, talvez seria muito justo [o resultado do paredão]. Eu uso sinceridade não só com os outros, mas para mim também. Se eu tiver que pegar pesado comigo mesmo, eu pego. Peço desculpa para quem eu tenho que pedir“, afirmou.

Ele admitiu que, após voltar de três berlindas, estava se sentindo confiante. “O primeiro paredão não é um termômetro, é muito começo de programa. As duas pessoas [que enfrentei] ainda não eram conhecidas como eu era, talvez eu tivesse essa vantagem. Mas os outros dois, sim, até pelas pessoas que eu enfrentei, a Carla [Diaz] e a Sarah. São mulheres bacanas, a Carla também era conhecida. Pensei que estava no rumo certo“, contou.

Recado de Ludmilla e aprofundamento na causa

O ex-brother disse não ter percebido que o discurso de Ludmilla, na festa de sábado (5), teria sido endereçado a uma declaração dele. “Zero, Ana Maria. Até tive comentários de pessoas que viram minha reação de rosto e entenderam o meu passar desapercebido. Tava curtindo demais o show, não percebi a indireta, infelizmente“, pontuou.

Rodolffo voltou a dizer que se arrepende de sua atitude. “A partir de quando eu realmente entendi que causei dor, eu mudei minha opinião sobre o comentário que fiz. Detesto a sensação de causar dor em qualquer tipo de pessoa, qualquer raça ou orientação sexual. No primeiro dia na casa, eu falei na minha posição que provavelmente eu cometeria alguns erros em alguns sentidos que estão em alta e que não tenho conhecimento suficiente. Infelizmente aconteceu“, afirmou, dizendo acreditar que essa situação servirá de aprendizado para muitas pessoas.

Ele também se arrependeu de sua reação no Jogo da Discórdia, quando João expôs pela primeira vez seu incômodo com a fala do cantor. “Revendo as cenas, aquele momento de surpresa tentando justificar, eu deveria ter pedido só desculpas para ele. Não sei mensurar a dor que eu possa ter causado por conta de um comentário idiota. Eu realmente sei hoje que talvez um simples pedido de desculpas não supra a dor que ele sentiu. Mas foi de coração“, ressaltou.

Eu detesto ver pessoas sendo maltratadas, de qualquer tipo de maltrato. Animal, pessoa, eu me sinto mal vendo qualquer tipo de pessoa sendo maltratada. Pessoas que destratam certos tipos de profissionais, raças, ou crenças, religião. Então assim, eu não gosto nem de ver e nem de causar. Infelizmente, eu caí nisso, eu causei isso, assumo, assumi. E eu aprendi, quero fazer mais pela causa, quero estudar mais, quero poder contribuir para essa causa“, disse ele.

O cantor explicou que não conhecia muito sobre a luta antirracista antes. “Dois pontos: falha minha mesmo de nunca ter aprofundado no assunto, coisas ou palavras e atitudes que pudessem magoar. Outra coisa que tem somatória significativa é que minha família por parte de pai é negra, só que a leveza que eles sempre levaram a cor da pele e cabelo foi diferente em casa. Meu pai nunca se sentiu incomodado com ataque, preconceito. Falha minha de não pesquisar. É obrigação de todo mundo. O Brasil e o mundo precisava se aprofundar de forma mais rápida“, declarou.

Sertanejo corrige Ana Maria

Mostrando que teve aprendizados importantes dentro da casa, Rodolffo corrigiu um termo usado de forma equivocada por Ana Maria Braga. “É respeitar a diversidade, seja ela qual for, né? Seja ela da cor, seja ela do cabelo, seja ela da escolha sexual, seja ela da vida…“, discursou a apresentadora. “Inclusive, eu fui ensinado lá dentro do programa que não é ‘escolha sexual’. É desde que nasce, a pessoa não escolhe isso. O programa me ensinou muita coisa. Acredito que eu tive uma oportunidade de evolução“, corrigiu o ex-brother.

Comentários sobre vestido de Fiuk

Rodolffo também foi criticado por suas falas irônicas sobre os vestidos usados por Fiuk. Acerca do episódio, ele tentou explicar. “Foi a primeira vez que me deparei com a situação. Nunca tinha visto isso na rua, principalmente em Goiânia. São Paulo e Rio de Janeiro têm maior facilidade de encontrar isso“, afirmou.

Ana Maria apertou o sertanejo: “Mas hoje em dia você vê por aí grandes cantores com saia, se apresentando, cantores mesmo, da sua área, em programas de televisão. Televisão não tem só no Rio de Janeiro e em São Paulo“. “Nunca tinha visto pessoalmente. Foi uma novidade. Novamente comentário desnecessário que eu fiz… Aprendi muita coisa. Essa do vestido que eu precisei passar por dor…. O BBB realmente foi uma faculdade pra mim“, respondeu o cantor.

Com informações do Blog do Hugo Gloss.

Foto: Reprodução

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap