Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

14 de agosto, 2022

BBB22: Vyni causa climão ao comparar o tamanho do ‘brinquedinho’ dos colegas

Rodrigo e Eliezer passaram a tarde inteira conversando sobre estratégias de jogo
Foto: Reprodução

Na noite deste domingo (30), ocorre a formação do segundo paredão da 22ª edição do Big Brother Brasil. Rodrigo e Eliezer, que passaram a tarde inteira conversando sobre estratégias de jogo no almoço do anjo, deram uma pausa nas especulações para relaxarem no ofurô, ao lado do digital influencer, Vyni.

Ao perceber que Eliezer cobre o ‘brinquedinho’ com a bolsa do microfone quando está de sunga, Vyni pediu para que o brother colocasse o microfone de lado: “Bote de lado, então. Tá com medo de quê?”, brincou. Tímido, Eliezer disse que não iria colocar, pois era muito “pequeno”. O cearense insistiu: “Ó o Rodrigo aqui, ele não coloca a bolsa na frente. É porque o dele já é mais disfarçado. É mais pequeno”, disparou Vyni enquanto apontava para a sunga de Rodrigo.

O gerente comercial, que também ficou envergonhado, comentou: “Estou na merda mesmo,agora o Brasil inteiro sabe que eu tenho pinto pequeno.”. Vyni tentou se explicar qual seria o problema de ter o pênis pequeno e Rodrigou respondeu: “Não tenho, não. Só está adormecido. Depois ele volta”, brincou levando os colegas aos risos.

Eliezer ainda comentou sobre a média do tamanho dos pênis de pessoas caucasianas: “O meu também não é muito grande. Sou branco, caucasiano. Você já viu a média do do tamanho dos brancos?”, brincou. Vyni, de forma descontraída, finalizou o assunto dizendo que tinha mais o que fazer do quê pesquisar o tamanho do pênis alheio.

Medo
Os participantes Eliezer, Rodrigo, Lucas e Bárbara, aproveitaram o almoço do anjo para debaterem sobre estratégias de jogo e expuseram suas opiniões sobre os participantes do BBB22.

Eliezer, que nos últimos dias protagonizou cenas de romance com Maria, aproveitou o debate sobre o comportamento duvidoso de alguns colegas de confinamento e analisou a personalidade da sister Natália. Para o brother, a designer de unhas tem uma simpatia excessiva que chega até lhe causar medo.

“Eu acho a Natália MUITO simpática. Eu vou falar a minha visão, tá? Eu tenho medo de pessoas assim, porque quando a pessoa é MUITO agradável, MUITO simpática, e me questiono até que ponto aquilo ali é real, se realmente não tem nada por trás. Porque ela é muito educada, muito solicita. Se você parar para pensar, ela é a mais educada, a mais agradável, só que ela oscila muito”, comentou Eliezer.

“Tem dia que ela passa e fala comigo, tem dia que passa e não fala comigo. Mas assim, ela nunca fez para mim. Eu só observo. Acho que no futuro é uma pessoa que pode trazer problemas.”, finalizou o brother. Bárbara, que também já teve algumas desavenças com a sister, complementou a linha de raciocínio de Eliezer:

“Eu tô tentando não votar nela essa semana de novo, para não parecer perseguição, porque semana passada já votei nela. Mas, apesar de estar tudo bem agora, acredito que a longo prazo pode rolar uma treta, entende? Até por coisas que eu já ouvi ela falar para a Maria, eu já ouvi ela também falando para vocês que estava com ranço de mim”, disse a modelo.

Rodrigo, que até então, é aliado de Natália, concordou com os colegas: “Referente à ela, eu até questionei esse negócio de ‘futuramente pode dar problema’, porque nunca sabemos o dia de amanhã. Mas agora eu entendo. Ela oscila muito. Uma hora ela pode votar com você e outra hora ela pode votar contra você, só porque você abraçou uma pessoa que ela não gosta”, concluiu o gerente comercial.

Com informações do Emoff

MATERIAS RELACIONADAS