Bizarro! Lanchonete é fechada após entregar esfirra recheada com dedo humano

Adolescente encontrou o membro decepado ao morder o salgado
Por Raphael Sampaio
Publicado em 13/07/20 às 06h52

(Foto: Reprodução)

Uma família da zona Norte de São Paulo denunciou uma lanchonete, no última sexta-feira (10), após receberem uma esfirra com a ponta de um dedo humano misturada ao recheio.

O caso bizarro aconteceu após um pedido por meio de delivery ser entregue na residência de Elisângela Alcântara dos Santos, que chamou a polícia para registrar a denúncia. Ela afirmou que o filho, de 14 anos, encontro o dedo quando deu a primeira mordida no salgado.

Os policiais receberam os denunciantes e entraram em contato com o estabelecimento comercial. O dono explicou a situação: um acidente de trabalho, ocorrido três dias antes. Segundo o proprietário, um funcionário decepou a ponta do dedo quando cortava calabresa e, apesar de procurar na máquina que operava e no entorno, não encontrou o pedaço lesionado. De acordo com ele, o estabelecimento não foi aberto no dia seguinta, e funcionou novamente na sexta-feira.

O funcionário que perdeu o dedo foi encaminhado para um hospital da região. Ele já recebeu alta e agora termina o tratamento em casa.

Empresa fechada

Na noite de sábado (11) a empresa foi fechada. O caso foi registrado no 20º Distrito Policial, no bairro Jardim Franca e será investigado pelo 9º DP, que fica no bairro do Carandiru, por crime contra as relações do consumo, perigo para a vida ou saúde de outro, localização/apreensão de objeto e lesão corporal culposa.

Os alimentos foram apreendidos para posterior encaminhamento aos peritos do Instituto de Criminalística. A parte do dedo encontrada na esfira foi apreendida e levada para o Instituto de Medicina Legal. Uma equipe e de peritos foi ao estabelecimento para verificar as condições sanitárias da lanchonete.

Da Redação com informações do G1, Istoé e R7

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link