Brasil empata com a Holanda e fica perto da classificação

O time brasileiro mostrou poder de reação, repertório ofensivo e ainda viu boas atuações de quem veio do banco de reservas

O Brasil se exibiu de forma madura e organizada no empate por 3 a 3 com a Holanda na manhã deste sábado (24), em Miyagi. Os gols brasileiros foram de Debinha, Marta e Ludmila, e o empate serviu como uma injeção de otimismo para quem esperava um grande teste para o time de Pia Sundhage.

O time brasileiro mostrou poder de reação, repertório ofensivo e ainda viu boas atuações de quem veio do banco de reservas.

O primeiro ato da partida, no entanto, foi assustador. Miedema superou Erika com facilidade na entrada da área e abriu o placar para a Holanda – eram só 2 minutos de um jogo que prometia virar um pesadelo.

Mas as comandadas de Pia reagiram imediatamente e controlaram o duelo. Após minutos de suspense por conta de um pênalti que o VAR corrigiu e transformou em impedimento, Debinha iniciou e encerrou a jogada do gol de empate, aos 16 minutos: recebeu o passe de Duda, que atuou aberta pela direita.

Com o placar empatado, foi o Brasil quem ficou mais com a bola (62% do tempo) ao longo da primeira etapa, conseguindo agredir a Holanda de formas distintas. As brasileiras chegaram bem na linha de fundo com Duda e Debinha, exploraram a bola aérea com competência e exibiram ótimo entendimento na movimentação ofensiva. Marta pegou bastante na bola e até Andressinha apareceu no ataque com função criativa.

Com as entradas de Ludmilla e Andressa Alves no intervalo, foi possível imaginar um Brasil mais veloz no ataque. Angelina, que substituiu Formiga no setor defensivo, completou o pacote de trocas que pouco alterou o andamento do jogo: o Brasil continuou bem, encontrando espaços nas costas da zaga laranja.

Veja os melhores momentos

Vídeo : NJR10HD2

Com informações da CNN Brasil

Leia também : Homem morre após ser baleado com tiro na boca no Centro de Manaus

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap