Brasil só receberá vacinas da Índia após a vez de “vizinhos asiáticos”

Fontes do governo indiano defendem que países estrangeiros só devem ser atendidos em suas solicitações após imunização da população local
Por Sthefane Campos
Publicado em 18/01/21 às 07h51

Nos últimos dias, o Governo Federal fez um grande esforço para viabilizar a compra de milhões de doses da vacinas contra a Covid-19 que está sendo produzida na Índia, mas acabou recebendo respostas negativas do governo indiano, que afirmou não ter condições de suprir a demanda brasileira no momento . Agora, novas informações apontam que o Brasil terá que “esperar na fila” para garantir o imunizante.

Segundo informações do jornal Times of India, autoridades do governo indiano planejam enviar as primeiras doses da vacina contra o coronavírus para seus “vizinhos asiáticos” nas próximas semanas. A ideia é oferecer as remessas para Nepal, Butão, Bangladesh, Myanmar, Sri Lanka, Afeganistão, Maldivas e Ilhas Maurício como uma forma de diplomacia, garantindo assim que todos consigam iniciar o processo de imunização.

O primeiro carregamento, inclusive, seria entregue em um “gesto de boa vontade” da Índia e os países ficariam apenas com a necessidade de pagar os institutos que estão desenvolvendo as vacinas: o Serum ou o Bharat Biotech . Entre os indianos, a imunização começou no último sábado (16) e alcançou mais de 190 mil pessoas apenas no primeiro dia .

Com informações do IG.

Foto: Reprodução

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap