Brasileiras dão show e conseguem duas vitórias no UFC Las Vegas 18

Com duas vitórias dominantes por pontos, as brasileiras garantiram 100% de aproveitamento para o País no card preliminar do UFC Las Vegas 18
Por Henrique De Mesquita
Publicado em 07/02/21 às 10h24
Brasileiras dão show e conseguem duas vitórias no UFC Las Vegas 18
Brasileiras dão show e conseguem duas vitórias no UFC Las Vegas 18

O card preliminar do UFC Las Vegas 18, que marcou o retorno do show à cidade-sede do evento neste sábado (6), contou com duas brasileiras em ação no octógono. Em situações diferentes em suas carreiras, Karol Rosa e Lara Procópio terminaram seus combates da mesma forma e com a sensação de dever cumprido.

Enquanto Karol fazia sua terceira apresentação no evento e encarava Joselyne Edwards para ampliar sua invencibilidade no evento, Lara, que não lutava desde agosto de 2019, tinha como meta anotar seu primeiro triunfo no UFC. Missão cumprida com sobras pelas atletas no card que marcou o retorno do Ultimate à cidade de Las Vegas (EUA) na temporada 2021.

Com duas vitórias dominantes por pontos, as brasileiras garantiram 100% de aproveitamento para o País no card preliminar do evento e mostraram que 2021 apenas começou para elas.

Invencibilidade mantida

Aos 26 anos, Karol, atleta da academia PRVT, tratou de derrubar Edwards nos segundos iniciais para investir na pressão de seus ataques no solo. Mas depois de três minutos de amplo domínio, Karol deixou a rival retomar a disputa em pé, onde trocaram alguns golpes sem grande efeito até o final do assalto inicial. Karol 10 x 9 Edwards.

Na etapa seguinte, a brasileira seguiu os conselhos de seu treinador e atacou com dois fortes chutes na perna da oponente, que acusou. Na sequência, quando a troca de golpes ficou intensa, uma nova queda a colocou novamente na zona de conforto quando, por cima, pôde desferir socos e cotoveladas até o fim do round contra a representante do Panamá. Karol 20 x 18 Edwards.

Curiosamente, apesar do domínio no octógono, Karol sofreu um corte na boca que a fez sangrar bastante. Talvez por isso, mesmo com a vantagem, a brasileira fez questão de impor maior ritmo nos minutos finais, ampliando a diferença no placar. Karol 30 x 27 Edwards.

Fim do jejum

Sem perder tempo, Lara encurtou a distância e mergulhou em uma queda, que foi bem defendida pelo oponente. Na sequência, junto à grade, a brasileira colheu os frutos da insistência na posição e caiu por cima – de onde não saiu mais.

Alternando golpes no ground and pound e transições na luta agarrada, Lara passou a guarda, pegou as costas e encaixou um estrangulamento que, apesar de parecer justo, foi abreviado pelo soar do gongo. Vitória parcial tranquila. Lara 10 x 9 McCann.

No segundo assalto, a brasileira repetiu a estratégia, mas por pouco não foi surpreendida. Ao iniciar uma sequência de golpes por cima, Lara teve o braço esquerdo envolvido em um armlock que a obrigou a cair por baixo momentaneamente. Mas passado o momento que exigiu intenso gasto de energia de ambas as atletas, a atleta da Nova União voltou a se posicionar por cima até o final do assalto. Equilibrado. Lara 20 x 18 McCann.

No último round, Lara não teve dificuldades. Uma nova queda logo no minuto inicial decretou o teor do restante do confronto. Aproveitando o cansaço da rival, a brasileira apostou em sequências de socos que balançaram a cansada rival, que por sua vez gastou a última energia que tinha para se defender de uma chave de calcanhar. Lara 30 x 27 McCann.

Acompanhe os resultados das brasileiras do UFC Las Vegas 18:

Karol Rosa venceu Joselyne Edwards por decisão unânime;
Lara Procópio venceu Molly McCann por decisão unânime;
Seung Woo Choi venceu Youssef Zalal por decisão unânime;
Timur Valiev venceu Martin Day por decisão unânime;
Ode’ Osbourne nocauteou Jerome Rivera no 1º round.

Com informações via UOL
Foto: Divulgação

Leia também:

Brasileiras dão show e conseguem duas vitórias no UFC Las Vegas 18

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap