Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

10 de agosto, 2022

Campanha de vacinação contra influenza e sarampo é prorrogada até 24 de junho

A lista com os endereços das 171 salas de vacina pode ser conferida no site da Semsa

Manaus (AM) – A campanha de vacinação contra a influenza e o sarampo, foi prorrogada até o dia 24 de junho pela Prefeitura de Manaus. As ações da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) iniciaram no dia 4 de abril e seriam encerradas na última sexta-feira (3), mas a data foi prorrogada por conta da baixa cobertura vacinal em todo o país.

O secretário municipal de Saúde, Djalma Coelho, lembra que 17 grupos estão sendo alcançados com as vacinas. De acordo com ele, é esperada a imunização de 455.098 pessoas contra a influenza, com a vacina trivalente, que protege contra três cepas do vírus (H1N1, H2N3 e linhagem B/Victoria), e 216.407 contra o sarampo, com a tríplice viral, que também combate a caxumba e rubéola.

Para a influenza, a campanha atende os seguintes públicos: idosos de 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, professores, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas, pessoas com deficiência permanente; indígenas aldeados; forças de segurança e salvamento; Forças Armadas; caminhoneiros; trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso (motorista e cobrador); trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Para o sarampo, os públicos alcançados são trabalhadores da saúde e crianças de seis meses a menores de 5 anos. A lista com os endereços das 171 salas de vacina pode ser conferida no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) ou diretamente pelo link bit.ly/salasdevacinamanaus.

O titular da Semsa orientou que os usuários devem apresentar documento de identidade com foto (ou certidão de nascimento, no caso das crianças) e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Eles também precisam levar um documento que comprove seu vínculo empregatício ou sua condição de saúde, caso se encaixe nos grupos incluídos.

“A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é vacinar 90% do público-alvo contra a influenza, e 95% do público-alvo contra o sarampo, e ainda estamos com os índices muito baixos. Precisamos do envolvimento de toda a população para fortalecer a proteção de todos, principalmente dos grupos mais vulneráveis”, afirmou Djalma.

Siga o Portal Tucumã nas redes sociais

IG: https://www.instagram.com/portaltucuma/
FB: https://web.facebook.com/Portaltucuma
Twitter: https://twitter.com/PortalTucuma

MATERIAS RELACIONADAS