Carlos Prata, técnico do São Raimundo, morre após parada cardíaca

Carlos Prata, técnico do São Raimundo morre após parada cardíaca
Carlos Prata tinha grande afinidade pelo Tufão da Colina e deixou amigos e torcedores de luto, além da história de dedicação pelo futebol amazonense
Por Henrique De Mesquita
Publicado em 08/01/21 às 10h45

Manaus – Carlos Prata, técnico do São Raimundo faleceu após ter tido uma ataque cardíaco fulminante na noite desta última quinta-feira (7). As informações são de colegas e familiares que prestam condolências na página pessoal de Carlos Prata.

Última participação para Técnico do São Raimundo

O técnico Carlos Prata havia voltado ao comando do São Raimundo após um intervalo de 14 anos. O treinador havia assumido a vaga deixada por Anquimar Moreira, o Mazinho. Na época, Carlos preparou a equipe para continuar a disputa do Amazonense., época da volta do lateral Getúlio.

A última passagem de Carlos Prata à frente do São Raimundo, como treinador, tinha sido na temporada de 2006. Na ocasião ele conquistou o título estadual e ainda comandou a equipe na disputa da Série C do Brasileiro. Antes, Prata tinha trabalhado como técnico no estadual do Holanda-AM, em 2015.

Depois de ascender à Série A do Barezão em 2019, com o vice-campeonato da Segundinha, o São Raimundo teve um início de campeonato irregular. No 1º turno, foram oito pontos conquistados, com duas vitórias, dois empates e três derrotas. 

Ainda assim, o time chegou à 7ª rodada com chances de classificação ao mata-mata, disputando com o Nacional FC por uma vaga entre os semifinalistas. As esperanças se foram com a derrota para o Princesa do Solimões, em Manacapuru (município distante 89 km de Manaus), que culminou com a demissão do técnico Anquimar Moreira, o “Mazinho”.

Após estrear sofrendo um sonoro 3 a 0 contra o Manaus FC, Carlos Prata, com então 61 anos, afirmava que não tinha pretensão de voltar à beira dos gramados, mas a afinidade com o Tufão da Colina e a boa relação com empresários ligados ao clube definiram seu futuro.

Histórico como técnico

O treinador tem passagens pelos “grandes” do futebol amazonense, como Rio Negro, Nacional, Fast e mais recentemente o Holanda, em 2015 e São Raimundo.

Foto: Adeilson Albuquerque/ Divulgação



Leia também: Anvisa tem até 10 dias para atender pedido do Instituto Butantan sobre o uso emergencial da Coronavac

Carlos Prata, técnico do São Raimundo morre após parada cardíaca

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap