quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Clube acusa ‘Jorginho’ de xenofobia em fala sobre Abel Ferreira

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras - Foto/Reprodução: Metrópoles

A partida entre Palmeiras e Atlético-GO segue repercutindo. Depois de o técnico Jorginho disparar contra Abel Ferreira, afirmando que o treinador desrespeita os árbitros brasileiros e até o país, o Palmeiras rebateu os comentários do comandante do Dragão.

Em nota divulgada nas redes sociais, o Alviverde apontou xenofobia na fala do técnico do Atlético-GO. Veja o comunicado na íntegra: “A Sociedade Esportiva Palmeiras repudia com veemência as manifestações de cunho xenófobo que têm sido constantemente endereçadas à nossa comissão técnica.

Nascemos pelas mãos de imigrantes que não somente fundaram um dos clubes mais vitoriosos do mundo, como também contribuíram com a formação da sociedade brasileira e da identidade nacional. A nossa história de 107 anos foi construída por jogadores, profissionais e torcedores de diferentes nacionalidades e etnias, sem distinção. Portanto, não toleramos declarações preconceituosas que incitem a aversão a estrangeiros.

Nossos gramados não são feudos reservados a pessoas de um só país. Pelo contrário, neles há espaço para todos que tenham vontade e capacidade de melhorar o futebol brasileiro”, encerra a nota.

Em seu comentário, Jorginho afirmou que Abel Ferreira ironizou o juiz da partida após Zé Rafael receber um cartão amarelo, ficando fora da partida contra o São Paulo, na segunda-feira (20/6). O Palmeiras venceu o jogo por 4 x 2 e disparou na liderança do Campeonato Brasileiro.

Fonte> Metrópoles**

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também