‘Coloquem a mão na consciência e vamos agir pelo melhor de todos’, diz Amazonino Mendes sobre aglomerações em Manaus

amazonino aglomeração pandemia
Amazonino Mendes (Podemos) usou as redes sociais para criticar as aglomerações na capital amazonense. Confira.
Por João Paulo Castro
Publicado em 11/08/20 às 04h28

Manaus – O ex-governador do Amazonas e ex-prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (Podemos), usou as redes sociais na tarde desta terça-feira (11) para criticar as inúmeras aglomerações que a capital amazonense vem enfrentando nos últimos dias em tempos de pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Em sua conta no Facebook, Amazonino destacou a multidão na praia do Complexo Turístico da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, e falou que a população deve ter consciência sobre o vírus.

“Precisamos ter cuidado, sob o risco de voltarmos à tragédia que nos acometeu. Passamos o pico de contágio, mas ainda não podemos relaxar totalmente. Onde está a nossa responsabilidade? Quem vai garantir que não vamos voltar ao pior somos nós. Temos que usar máscaras e continuar evitando aglomerações”, disse Amazonino.

Segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), o Amazonas totalizou mais de 107 mil casos confirmados por Covid-19, sendo 37.637 em Manaus, 69.560 no interior e 3.384 mortes em decorrência do vírus. Em contrapartida, aproximadamente 90 mil pacientes se recuperaram da doença.

Amazonino ressaltou que o manauara não deve deixar as medidas de segurança de lado e também comentou sobre o retorno das aulas presenciais na rede estadual.

“Nossos estudantes começaram a voltar às aulas. Fomos o primeiro estado a tomar essa decisão porque acreditamos, sim, que o pior já passou. O que não podemos é deixar de lado todas as normas de saúde e segurança, abrindo espaço para riscos desnecessário. Isso não está certo. Peço que coloquem a mão na consciência, vamos agir pelo melhor de todos”, ressalta.

Provocação

Amazonino Mendes vem sendo destaque nas pesquisas eleitorais e é cotado como protagonista na corrida pela Prefeitura de Manaus. Recentemente, em resposta a uma provocação de David Almeida (Avante), falou que o ‘Negão ainda dá um caldo’.

“Muita gente pergunta por aí, e é natural, como é que está o ‘Negão’? Ele tá bem? Como é que ele está? Como está a saúde dele? Olha minha gente, o Negão ainda dá um caldo, cá entre nós!”.

David Almeida havia dito que Amazonino não tem mais nem saúde e nem idade para governar a cidade de Manaus.

Confira o post de Amazonino Mendes na íntegra

“Minha gente, a pandemia ainda não acabou.

Precisamos ter cuidado, sob o risco de voltarmos à tragédia que nos acometeu.

Na segunda-feira, mais 25 mortes foram registradas, com o número de casos ultrapassando os 107 mil. Passamos o pico de contágio, mas ainda não podemos relaxar totalmente.

Nossos estudantes começaram a voltar às aulas. Fomos o primeiro estado a tomar essa decisão porque acreditamos, sim, que o pior já passou. Muitos pais estão aflitos e questionam essa escolha. E não é sem motivo!

Por outro lado, vejo essa foto da Ponta Negra lotada. Onde está a nossa responsabilidade? Quem vai garantir que não vamos voltar ao pior somos nós. Temos que usar máscaras e continuar evitando aglomerações, somente assim continuaremos vencendo essa luta.

O que não podemos é deixar de lado todas as normas de saúde e segurança, abrindo espaço para riscos desnecessário. Isso não está certo. Peço que coloquem a mão na consciência, vamos agir pelo melhor de todos.”

Foto: Divulgação

Leia também: Filha de Amazonino Mendes se lança candidata a vice-presidência do Boi Garantido

amazonino aglomeração pandemia

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap