Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

14 de agosto, 2022

Com milhões de seguidores, ‘Hulk brasileiro’ vivia isolado e morreu no dia do aniversário de 55 anos

Valdir Segato morreu no dia 26 de julho, data do aniversário que completou 55 anos de idade
'Hulk brasileiro' tinha mais de 1 milhão de seguidores nas redes sociais e vivia isolado. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ribeirão Preto (SP) – Mesmo com milhares de seguidores nas redes sociais, Valdir Segato, mais conhecido como o “Hulk brasileiro”, vivia isolado. Ele morreu na semana passada, no dia 26 de julho, no dia do aniversário de 55 anos de idade.

Hulk brasileiro fazia bastante sucesso com 1,7 milhão de seguidores no TikTok e quase 20 milhões de curtidas em suas publicações. Mas apesar do grande alcance e exposição na internet, vizinhos relatam que ele era discreto em relação a vida pessoal, de poucos amigos, familiares e pouca comunicação.

Para UOL, operador de caldeira Antônio Jadson da Conceição, vizinho de Segato, relatou que conhecia o influenciador havia cerca de 10 anos.

O Hulk brasileiro morava de aluguel em um imóvel nos fundos da casa da família de Antônio e foi para a mãe dele que Valdir pediu ajuda quando começou a passar mal, com sintomas de falta de ar.

A mulher e o marido socorreram o homem e com o carro da família o levaram até a UPA norte, que fica a cerca de 10 minutos da casa deles.

LEIA TAMBÉM: Modelo que matou menor é investigado por estupro e estelionato

“Ele chegou na UPA andando, mas com muita falta de ar. Ao entrar na recepção ele passou mal e caiu. Acho que nem deu tempo de os médicos fazerem algo”, relata o operador de caldeiras.

Ainda de acordo com o vizinho, há cerca de quatro meses o amigo já havia sentido o mesmo sintoma de falta de ar e, na ocasião, também foi levado para o hospital.

“Eu coloquei ele no meu carro e fui correndo para o hospital. Ele falava que não conseguia respirar e que iria morrer. Acredito que a rapidez no socorro foi essencial para ajudar ele naquele momento. Depois disso, ele não se queixou mais e nem comentou se estava doente”, recorda Jadson.

O “Hulk brasileiro” dizia usar uma substância conhecida como Synthol para ficar com os músculos maiores. Mas o produto não possui uso médico e, quando injetado no corpo, pode causar diversos problemas de saúde, inclusive levar à morte.

Segundo boletim de ocorrência registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Ribeirão Preto (SP) com base nas informações do documento médico que constatou o óbito, Valdir Segato morreu de causas naturais.

No entanto, o Instituto Médico Legal (IML), para onde o corpo do homem foi levado, não confirmou os motivos do óbito. De acordo com a Polícia Civil, o laudo necroscópico ainda não foi encaminhado para a unidade policial.

LEIA TAMBÉM: Vídeo: Filhos de Gio Ewbank sofrem racismo e atriz briga com mulher

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS