Coronavírus: Pesquisa indica que infectados já não contagiam a partir do 11º dia

Entenda como funciona o contágio.
Por redacao
Publicado em 28/05/20 às 10h37

Um novo estudo realizado em Singapura, publicado no último sábado (23), concluiu que pacientes infectados pelo novo coronavírus não podem infectar outras pessoas a partir do 11º dia do início dos sintomas.

A pesquisa realizada em conjunto pelo Centro Nacional de Doenças Infecciosas de Singapura e pela Academia de Medicina da região, afirma que a detecção do RNA viral pode persistir em alguns pacientes, mas isso “não equivale à infecciosidade ou a vírus viável”, não trazendo riscos de contágio.

Os estudos foram analisados em diversos parâmetros com relação a 73 pacientes com a covid-19 que estavam internados em hospitais localizados na cidade-estado.

Artigos publicados em outros países já haviam sugerido resultados parecidos. Na Alemanha em abril, foi descoberto que os pacientes eram altamente infecciosos nos 7 primeiros dias depois do aparecimento dos sintomas. Porém, após o 8º dia, eles não tinham mais a capacidade de contagiar os outros.

Os resultados devem contribuir para a mudança da política de alta de pacientes adotada atualmente em Singapura. No momento, a liberação dos enfermos apenas ocorre no momento em que eles testarem negativo para a doença, e não para a infecciosidade.

É importante ressaltar que o estudo não aborda a infecciosidade dos assintomáticos e pré-sintomáticos, mas sugere que as pessoas infectadas sem a presença de sintomas possam ter padrões virais semelhantes aos descritos.

Jornal de Brasília

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link