Manaus, 14 de julho de 2020

Covid-19: Governo do Amazonas desmente fake news sobre reabertura dos comércios

Em nota, o Governo do Amazonas informou que o comércio não essencial vai permanecer fechado até o dia 31 de maio por conta da pandemia.
Por João Paulo Castro
Publicado em 20/05/20 às 05h45
governo reabertura comércio

Foto: Divulgação

Circulou nas redes sociais nesta quarta-feira (20) um decreto assinado pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), em reabrir os comércios a partir do dia 30 de maio em meio a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Além disso, também foi noticiado que estabelecimentos como restaurantes, bares e lanchonetes a partir do dia 13 de junho. Entretanto, as informações que foram veiculadas são falsas.

O Governo do Amazonas respondeu ao Portal Tucumã que “essa afirmação não é documento oficial do Estado”.

Recentemente, durante entrevista coletiva, Wilson Lima informou que o isolamento social no Amazonas contra a propagação da Covid-19 foi prorrogado até o final de maio, decisão assinada por Wilson e pelo vice-governador, Carlos Almeida (PTB).

Consequentemente, ele disse que os serviços considerados não essenciais iriam permanecer fechados. A decisão atende o decreto Decreto nº 42.278, publicado no Diário Oficial do Estado no dia 13 de maio.

A nota diz ainda que o governador deve fazer uma reunião antes do fim do prazo estabelecido para discutir a possibilidade de reabertura gradual dos estabelecimentos ou manutenção das medidas restritivas. “As decisões serão tomadas com base na avaliação da curva de casos de Covid-19”, disse a nota da Secretaria de Comunicação (Secom).

Segundo Wilson, a decisão atende as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Importância do isolamento

Em vídeo divulgado na última segunda-feira (18), Wilson ressaltou a importância do isolamento social contra a Covid-19, segundo ele, grande parte da população as recomendações, mas fez um alerta.

“Se afrouxarmos o isolamento e as medidas de proteção, tudo isso pode ir por água abaixo. Estamos falando de vida ou morte. Nós conseguimos melhorar o atendimento, testar e curar mais pessoas, salvar vidas. Isso se deve muito a parcela da população que cumpriu sua parte e se protegeu”, comenta.

wilson lima trabalho coronavírus
O governador elogiou o  trabalho dos profissionais de saúde na luta contra o novo coronavírus. Foto: Reprodução/Facebook

Wilson ressaltou que, se as pessoas não cumprirem as medidas, “vai ter uma onda ainda maior”.

Confira a nota da Secom na íntegra

“O Governo do Amazonas informa que é falsa a informação de reabertura do comércio em geral a partir do dia 30 de maio e de bares, restaurantes, estabelecimentos de ensino e academias a partir do dia 13 de junho. O arquivo que circula nas redes sociais com essa afirmação não é documento oficial do Estado.

O Governo do Amazonas publicou, no Diário Oficial do Estado de 13/05, o Decreto nº 42.278, que prorroga até o dia 31 de maio a suspensão dos estabelecimentos comerciais e de serviços não essenciais e destinados à recreação e lazer, em função da pandemia de Covid-19.

O governador Wilson Lima deve reunir, antes do fim desse prazo, com representantes dos Poderes e da sociedade civil para discutir a possibilidade de reabertura gradual dos estabelecimentos ou manutenção das medidas restritivas. As decisões serão tomadas com base na avaliação da curva de casos de Covid-19.”

Por João Paulo Castro

governo reabertura comércio

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap