Covid-19: MP-AM recomenda ‘lockdown’ durante dez dias em Manaus

mpam lockdown manaus
Segundo o MP-AM, o 'lockdown' é uma medida com o objetivo de ajudar a combater o crescimento do coronavírus em Manaus.
Por João Paulo Castro
Publicado em 05/05/20 às 06h53

Foto: Divulgação

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) protocolou na tarde desta terça-feira (05) uma ação civil pública recomendando que Manaus aderisse o ‘lockdown’ para os próximos dez dias em Manaus.

A decisão foi assinada pelos promotores do ministério com o intuito de combater o avança do coronavírus (Covid-19) na capital.

O pedido do MPAM foi direcionado para o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e para o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB).

‘Lockdown’ determina o fechamento de todos os serviços considerados não essenciais, proíbe veementemente a circulação de pessoas e veículos nas ruas, além de suspender o fluxo nas rodovias que ligam Manaus para outros municípios do interior.

Na ação civil, o MPAM autorizou o uso da força policial para fazer valer o decreto na capital, realizando fiscalizações em cada zona da cidade.

Segundo o Ministério da Saúde, “países que implementaram, conseguiram sair mais rápido do momento mais crítico”. Caso o pedido não seja atendido no prazo de 24 horas, o Estado e o Município podem pagar uma multa no valor de R$ 100 mil.

Dados

A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) informou que o Amazonas possui 8.109 casos confirmados por Covid-19, sendo 4.804 em Manaus e 3.305 no interior, e 649 mortes causadas pela doença.

Hoje 59 pacientes diagnosticados por coronavírus estão internados, sendo 268 em leitos clínicos (75 na rede privada e 193 na rede pública) e 191 em UTI (70 na rede privada e 121 na rede pública).

Em contrapartida, a FVS informou que nas últimas 24 horas 97 pacientes estão curados, totalizando a marca de 2.097 pessoas fora do ciclo de transmissão.

Confira a ação civil na íntegra aqui.

Por João Paulo Castro

mpam lockdown manaus

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap