Manaus, 7 de agosto de 2020

Cratera no Centro de Manaus prejudica comerciantes e gera riscos a vida de pedestres

Cratera no Centro de Manaus - Divulgação
A cratera se abriu no dia 7 de maio deste ano e, desde então, a população aguarda a conclusão dos serviços da Prefeitura de Manaus no local
Por Isac Sharlon
Publicado em 14/07/20 às 10h24

Nesta segunda-feira (13) durante sessão plenária, o vereador Diego Afonso (PSL) solicitou à Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) serviços de recuperação da rua Henrique Martins, no trecho compreendido entre a rua Joaquim Sarmento e avenida Eduardo Ribeiro, Centro. A cratera, que se abriu no dia 7 de maio deste ano, está colocando em risco a população que transita pela área comercial e, também, os prédios que estão no entorno.

A solicitação é um pedido da Associação Comercial do Amazonas (ACA) ao parlamentar.

“Logo cedo conversei com o presidente da associação, Jorge de Souza Lima, que me trouxe um clamor de mais de vinte empresários que estão tendo prejuízo por conta da obstrução de fluxo que a cratera está causando na área comercial”, disse em plenário.

Por meio do ofício nº 691/2020 enviado à Seminf, Diego Afonso solicitou, em caráter de urgência, providências para a realização de serviços de recuperação da via, que segundo Diego Afonso, está colocando em risco à vida das pessoas.

“A grande cratera como é possível ver na foto enviada pelos comerciantes, está colocando em risco a população que transita por lá e também coloca em risco de desabamento os prédios que estão próximos ao buraco”, explicou Afonso.

Prefeitura

Em nota, enviada ao Portal Tucumã nesta terça-feira (14), a Prefeitura de Manaus informou que o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) constatou que o prédio de quatro andares é particular e não se encontra com alvará de construção ou obra regularizada no sistema.

Sendo assim, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) realizou a ação para correção emergencial e contenção da rede de drenagem na rua Henrique Martins, porém, um relatório da Subsecretaria de Obras Públicas (SSOP) da Seminf concluiu, em síntese, que “em razão do carreamento do solo, as fundações dos imóveis foram comprometidas, mostrando-se grave a situação e com grande risco de desabamento”.

Conforme a Prefeitura, a recomendação é para demolição das edificações e recuperação da galeria, eliminando o risco de desabamento e comprometimento de outros prédios vizinhos.

A Seminf informou, também, que o estudo topográfico da área já foi concluído e o laudo final será fechado nos próximos dias com muita cautela e responsabilidade. A secretaria monitora a área e o fluxo.

Cratera no Centro de Manaus - Divulgação

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap