De lados opostos, Lula e ministro da Educação lamentam morte de jornalista José Paulo de Andrade, da Bandeirante

No dia 7 de julho o jornalista foi internado no hospital Albert Einstein, quando foi diagnosticado com covid-19 (Coronavírus), e não resistiu às complicações causadas pela doença.
Por Alessandra Aline Martins
Publicado em 17/07/20 às 11h48

Nas redes sociais, o ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ministro da Educação, Milton Ribeiro, lamentaram a morte de José Paulo de Andrade. O jornalista e apresentador na Rádio Bandeirantes faleceu aos 78 anos, na madrugada desta sexta-feira (17), em São Paulo.

No dia 7 de julho o jornalista foi internado no hospital Albert Einstein, quando foi diagnosticado com Covid-19 (novo coronavírus), e não resistiu às complicações causadas pela doença.

Lula divulgou no Twitter, que infelizmente, o Covid-19, a “doença terrível tratada como descanso por alguns, levou mais um brasileiro. Nesse momento de tristeza minha solidariedade aos familiares, amigos, colegas e ouvintes de José Paulo de Andrade”, publicou Lula.

O ex-presidente relembrou entrevistas com o jornalista “José Paulo de Andrade é um dos maiores nomes da história do rádio brasileiro. A primeira vez que fui entrevistado por ele foi na época das greves do ABC da década de 1970. Mais de cinco décadas de jornalismo, comprometido com seu trabalho, diariamente, nas rádios, toda a manhã, religiosamente”.

Milton Ribeiro, ouvinte, destacou o profissionalismo do jornalista. “Registro meus sentimentos pelo falecimento do grande repórter Jose Paulo de Andrade. Eu era um ouvinte assíduo de seus programas e admirador de suas análises. Meu abraço a todos seus familiares.”

Foto: Divulgalção

Edição: Isac Sharlon

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap