Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

7 de agosto, 2022

Depoimento de Elisabeth Valeiko sobre o “Caso Flávio” é adiado pela polícia

Foto: Reprodução/Instagram

A primeira-dama de Manaus, Elisabeth Valeiko, iria prestar depoimento hoje à tarde (14) na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) sobre a morte do engenheiro Flávio Rodrigues, 42, mas ele foi adiado pela equipe policial.

Ela seria ouvida sobre o inquérito que investiga a morte do engenheiro Flávio Rodrigues, 42. Alejandro Molina Valeiko, 29, filho de Elisabeth, é apontado como principal suspeito do crime.

O advogado de defesa Yuri Dantas disse que a primeira-dama vai prestar depoimento, mas “não foi informada sobre a data e o horário para ir na delegacia”. Ele também disse que Elisabeth está disposta a colaborar com a investigação dos policiais.

Coordenador da investigação, o delegado Paulo Martins, titular da unidade policial, informou que o depoimento de Elisabeth Valeiko pode acontecer na próxima quarta-feira (16), mas sem confirmação de horário.

Paulo disse que o cancelamento do depoimento por causa de inúmeros trabalhos realizados nesta segunda-feira na unidade policial. Ainda segundo ele, os funcionários do condomínio de luxo onde mora Alejandro Valeiko serão ouvidos novamente.

Prisão temporária

Alejandro Valeiko cumpre prisão temporária no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Santo Agostinho, zona Oeste de Manaus, próximo de sua residência.

Morte de Flávio

Flávio Rodrigues, 42, desapareceu durante uma festa realizada na casa de Alejandro no dia 29 de setembro, sendo encontrado morto em um terreno baldio no dia seguinte.

O filho da primeira-dama é considerado principal suspeito na morte do engenheiro.

Da Redação

MATERIAS RELACIONADAS