quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Deputado Roberto Cidade defende necessidade de redução no preço dos combustíveis no AM

Deputado Roberto Cidade (UB) presidente da Aleam. Foto: Divulgação

O valor exorbitante no preço dos combustíveis motivou o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Roberto Cidade (UB), a propor uma reunião com o governador Wilson Lima para tratar sobre o tema. A intenção é formar uma frente composta por Executivo e Legislativo com o intuito de apresentar demandas relacionadas às dificuldades da população do estado, especialmente do interior do Amazonas, provocadas pelas altas constantes no valor dos combustíveis.

“Temos de ver de que forma podemos contribuir com esse tema. Sabemos que essa é uma matéria da esfera federal, mas nós temos que questionar, buscar soluções, nos unir e saber o porquê de o preço da gasolina estar tão elevado. Imaginem como uma pessoa vai conseguir se deslocar da zona rural para a sede do município com o litro da gasolina custando R$ 8, R$ 10, R$ 12, R$ 15, como ocorre em municípios do interior do Estado do Amazonas? A logística do nosso Estado torna o combustível ainda mais caro do que no restante do País. Temos que cobrar o Governo Federal para que eles tentem reduzir os impostos, baratear o combustível”, falou.

Para o parlamentar, mesmo que o governador tenha consciência das dificuldades da população em relação ao tema, é importante que os deputados estaduais reforcem o pleito com as demandas apresentadas pelos moradores de municípios do interior do Amazonas.

“Uma das demandas que mais tem surgido durante nossas idas ao interior do Estado é quanto ao preço dos combustíveis. Isso impede o produtor rural, por exemplo, de vender sua produção e melhorar o setor primário do Estado. Devemos ter uma reunião com o governador Wilson Lima para ver de que forma podemos contribuir para que haja redução no valor do combustível. Está muito caro e a população mais carente não consegue mais se deslocar em razão do valor abusivo do combustível no estado do Amazonas”, completou.

Siga o Portal Tucumã nas redes sociais

IG: https://www.instagram.com/portaltucuma/
FB: https://web.facebook.com/Portaltucuma
Twitter: https://twitter.com/PortalTucuma

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também