Dono de lanchonete é morto a tiros após tentar defender a própria mãe

lanchonete
A lanchonete de Ruan Vieira Sampaio, 26, foi invadida por assaltantes até o momento não identificados. Ele recebeu atendimento médico, mas não resistiu
Por João Paulo Castro
Publicado em 24/09/20 às 02h34

Brasil – Um homem identificado como Ruan Vieira Sampaio, de 26 anos, foi morto após defender a própria mãe durante um assalto em sua lanchonete na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro. A informação foi publicada pelo G1 nesta quinta-feira (24).

Segundo a polícia, o fato aconteceu na última segunda-feira (21), os assaltantes invadiram primeiro um depósito de bebidas. Na ação, eles roubaram o caixa, ameaçaram os clientes e mandaram que todos fossem para os fundos da loja.

Em seguida, o bando foi até a lanchonete de Ruan, onde renderam a família dele. O dono da lanchonete reagiu porque um dos bandidos começou a ameaçar a mãe dele, mas foi baleado. Rua foi socorrido e levado ao Hospital Municipal Evandro Freire, mas não resistiu.

As imagens das câmeras de segurança do estabelecimento estão sendo analisadas pela Delegacia de Homicídios. A polícia faz buscas pelos criminosos. Ruan, que tinha três filhos, foi enterrado na terça-feira (22).

Com informações do G1
Foto: Divulgação

lanchonete

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap