Manaus, 8 de julho de 2020

Dupla que assaltava condomínios de luxo é presa em Manaus

Valdenice de Aquino Silva, 38, e João Batista Gomes Silva Junior, 27, foram presos pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defradações (Derfd) após cumprimento de mandado de prisão na tarde desta terça-feira (16).  A dupla é autora de aproximadamente seis furtos a alguns condomínios de luxo situados na capital. Na ação policial foram recuperados…
Por redacao
Publicado em 17/07/19 às 01h20

Valdenice de Aquino Silva, 38, e João Batista Gomes Silva Junior, 27, foram presos pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defradações (Derfd) após cumprimento de mandado de prisão na tarde desta terça-feira (16).  A dupla é autora de aproximadamente seis furtos a alguns condomínios de luxo situados na capital.

Na ação policial foram recuperados 17 relógios, cinco aparelhos celulares, bolsas de luxo, mochilas óculos de sol, jóias, carteiras, e um notebook.

De acordo com Demetrius Queiroz, adjunto da Derfd, antes das ações criminosas, a dupla monitorava a rotina dos moradores das casas que seriam alvos do crime. Nos delitos, a dupla usava um veículo de placas clonadas, e passavam pelas portarias dos condomínios sem se identificar e abaixar o vidro para se apresentarem.

Conforme o delegado, os infratores usavam uma chave mestra para entrar nas residências e a partir disso, subtraiam os objetos roubados.

Queiroz explicou que após o delito, Valdenice e João Batista deixavam os locais sem levantar suspeita. Durante as investigações foi representado à Justiça pelo pedido de prisão em nome de Valdenice. A ordem judicial foi expedida no dia 15 de julho deste ano, pela juíza Careen Aguiar Fernandes, da 7ª Vara Criminal.

Prisões

Durante as diligências, João Batista e Valdenice foram presos em casas distintas situadas no bairro Novo Aleixo, zona Norte da capital. Nas casas foram encontrados os materiais furtados dos condomínios.

Procedimentos

Valdenice foi indiciada por furto qualificado. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da Derfd, Valdenice será levada para o Centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF), onde irá permanecer à disposição da Justiça. João Batista também foi indiciado pela participação nos delitos.

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap