‘Economia está voltando em V’, diz Guedes após PIB abaixo do esperado

Já sobre o alerta do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre a possível necessidade de manutenção de auxílios financeiros no próximo ano, Guedes disse que o governo está seguindo as sugestões ao fazer uma retirada gradual dos estímulos
Por Edilânea Souza
Publicado em 03/12/20 às 15h20
Economia
Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes disse, nesta quinta-feira (3), que “a economia está voltando em V”. A fala de Guedes se refere ao Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre, divulgado hoje.

Ele acrescentou que houve revisões em trimestres anteriores e, por isso, o resultado veio “um pouquinho” abaixo do esperado. “Mas o fato é que economia está voltando”, afirmou.

Guedes disse que não há “nenhum problema” entre o Ministério da Economia e o Tribunal de Contas da União (TCU) e que, passado o período de maior incerteza econômica devido à pandemia, o governo pode fixar uma meta de resultado primário para 2021.

Ele lembrou que quando foi enviado ao Congresso o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2021, em abril, o cenário era muito incerto em relação às receitas e, por isso, o governo propôs uma meta flexível. “O próprio TCU havia se manifestado que só em 2022 voltariam as regras”, disse.

“Agora a economia se firmando e voltando, já teremos a possibilidade, vamos conversar com o TCU, de rever as previsões de receitas e podemos então anunciar uma meta”, afirmou, acrescentando que “está tudo certo”. “O Brasil está voltando”, disse.

Já sobre o alerta do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre a possível necessidade de manutenção de auxílios financeiros no próximo ano, Guedes disse que o governo está seguindo as sugestões ao fazer uma retirada gradual dos estímulos. “É exatamente o que estamos fazendo”, disse.

Com informações Valor Investe

Leia mais: PIB cresce 7,7% do segundo para o terceiro trimestre, diz IBGE

Economia

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap