Eleições 2020: Professora e empresários ‘lutam’ para tirar reeleição de prefeito em São Paulo de Olivença

Professora e empresários
O município de São Paulo de Olivença é conhecido pela realização do Carnaval, que conta com a irreverência dos blocos carnavalescos, além de seus balneários Ajaratuba e São Francisco
Por Edilânea Souza
Publicado em 16/10/20 às 03h05

A professora de Ensino Médio, Ivanise Simão (PCdoB) e os empresários Nazareno Souza Martins (Republicanos), mais conhecido como Gibe e José Carlos de Souza Rocha (PSC), mais conhecido como Zé Carlos tentam tirar à reeleição do atual prefeito, Paulo Mafra (PP), na cidade de São Paulo de Olivença (SPO), no interior do Amazonas.

O município fica distante da capital amazonense a 982 km em linha reta e é bem conhecido pela realização do Carnaval, que conta com a irreverência dos blocos carnavalescos, além de seus balneários de Ajaratuba e São Francisco.

Ivanise Simão concorre pela segunda vez à prefeitura do município, desta vez pela coligação “Renovação e Oportunidade para o povo”, com os partidos PCdoB e Democratas (DEM).

Ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), a candidata declarou um valor bem menor que nas Eleições de 2016, no caso R$ R$40.329,93 mil, de dois carros. Na eleição passada, ela havia declarado R$ 139 mil.

No site de consulta de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), há uma situação diferente em torno do vice da professora, que aparecem dois candidatos. O primeiro vice de Ivanise teve a candidatura indeferida, no caso o comerciante Naílson Batalha (DEM). O segundo nome indicado para vice de Ivanise é o Ady Liberato Figueiredo (PCdoB), que declarou bens no valor de R$ 150 mil. Ady aguarda julgamento de sua candidatura.

Já o segundo nome que concorre ao pleito de 2020 é do empresário Gibe, que vem com a coligação “Humildade e esperança, para o progresso de SPO”, com os partidos Republicanos PSD e PT. Gibe concorre pela primeira vez em um pleito eleitoral e declarou bens no valor de R$ 1,2 milhão, referente a uma casa e duas embarcações.

A vice de Gibe é a aposentada Ana Maria Fermin de Melo (Republicanos), que já participou de duas Eleições para vereadora do município, porém não foi eleita. Ana Fermin declarou um patrimônio de R$ 300 mil, de um imóvel.

Outro nome que aparece no cenário é o do empresário Zé Carlos pela coligação “A união dos povos pela esperança de SPO”, com a participação das siglas PSC e MDB. Zé Carlos já concorreu a um cargo político no ano de 2010. À Justiça Eleitoral o candidato declarou um patrimônio de R$ 920 mil, entre: casa, lanchas, veículos, embarcações e dinheiro em espécie.

O vice do empresário é o professor do Ensino Fundamental Ismael Adércio (MDB). O professor Ismael já concorreu a vereador pelo município. Na Justiça Eleitoral, Ismael declarou bens no valor de R$ 185 mil, de uma casa e valor em dinheiro.

Já Paulo Mafra é o atual prefeito da cidade e vem em busca da reeleição no pleito de 2020 pela coligação “Aliança democrática o progresso não pode parar”, entre os partidos PP, PL e PSDB. O atual prefeito declarou o valor de R$ 2,25 milhões. Entre os bens do prefeito, estão: embarcações, terrenos, casas, veículos, prédios comercial e residencial. Nas Eleições de 2016, Paulo Mafra declarou R$ 1.930 milhão.

Joelmar Cruz Carvalho (PP), mais conhecido como Mazinho concorre novamente como vice de Paulo. Mazinho declarou R$5.170.000,00 milhões, entre: embarcação, casas, prédios comerciais e residencial, aplicações bancárias, terrenos e veículos. Na campanha anterior, ele havia declarado o valor de R$4.965.000,00.

Leia mais: Bolsonaro faz videochamada na presença de lideranças de feirantes, em Manaus

Professora e empresários

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap