Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

11 de agosto, 2022

Em duas semanas, Governo do Estado entrega títulos definitivos de imóveis para 260 famílias de Manaus

É importante que os interessados em adquirir o documento recebam os trabalhadores para conclusão de cadastro
As famílias beneficiadas receberam os títulos definitivos de moradia. Foto: Divulgação

Manaus (AM) – A família de Anne Machado, 63, é uma das beneficiadas com títulos definitivos de moradia entregues pela Secretaria de Estado de Cidades e Territórios (SECT-AM). Uma espera de décadas chegou ao fim para outras 260 famílias de Manaus nas últimas duas semanas. Para a aposentada, o documento em mãos simboliza a concretização de um sonho.

Quando chegou à rua Geisa Cardoso Vasques, no bairro nova Esperança, na zona oeste, Anne estava com os dois filhos ainda crianças. Atualmente, a casa também abriga um neto. “Eu comprei essa casa quando meus filhos eram pequenos, comecei a ajeitar, era uma segurança. Aqui, a gente pisa firme. A pior coisa é viver de aluguel”.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura de Manaus cadastra mais de 3 mil taxistas para receber benefício

Para a aposentada, o documento é a garantia de um lar para o resto da vida. “Eu perguntava para os meus filhos: ‘Será que um dia a gente ainda vai receber (o título)?’. Não sabia mais para onde correr. Eu tinha medo de tomarem a minha casa. Eu agradeço muito, é um sonho, pois eu nem esperava mais”, afirmou.

No Nova Esperança, foram contempladas 40 famílias. Outros bairros beneficiados nas últimas semanas foram o Monte das Oliveiras (55 famílias), no dia 21 de julho, e Redenção (165), no dia 30 de julho.

Com o documento, o Governo do Estado garante dignidade para a população, promovendo segurança jurídica e abrindo portas para financiamentos públicos destinados à melhoria da moradia.

LEIA TAMBÉM: Confira edital para patrocinadores do festival Passo a Paço em Manaus

O aposentado Omar Ferreira, 78, também é um dos beneficiados pela ação itinerante. Residente no bairro Nova Esperança desde 1978, ele havia solicitado, pessoalmente, o documento em 2011 e chegou a sofrer um golpe durante o processo.

“Uma vez me disseram que estavam esperando eu morrer para me entregar esse documento. Eu cheguei a pagar um rapaz que media terrenos, fui buscá-lo, ele veio, mediu tudo e sumiu”, comentou o aposentado.

Omar divide a residência com a esposa e a filha. Para ele, o documento é um presente para a família, resultado de muita luta “É muita alegria, o tanto que eu esperei por isso. Agora está na minha mão, graças a Deus. Agora é só felicidade!”, disse.

Cadastro
Durante a entrega dos títulos de terra, técnicos e vistoriadores da SECT passam coletando, de casa em casa, os documentos dos moradores que ainda não efetivaram a regulação fundiária, a fim de analisar e realizar o trabalho topográfico das residências. É importante que os interessados em adquirir o documento recebam os trabalhadores para conclusão de cadastro.

LEIA TAMBÉM: MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS