Em Manaus, dois travestis são mortos em menos de 15 dias

Neste mês de novembro, dois travestis foram encontrados mortos de forma violenta na cidade de Manaus. Veja detalhes sobre os casos
Dois travestis
Dois travestis

Neste mês de novembro, em menos de 15 dias, dois travestis foram encontrados mortos de forma violenta na cidade de Manaus. As vítimas são Marcio Belchior Monteverde, 29 anos, e o menor Richard Ferreira Brasil, de 17 anos.

Na madrugada deste domingo (29), por volta das 03:40 da madrugada, uma travesti identificada como Micaeli Monteverde (Marcio Belchior Monteverde), de 29 anos, foi vítima de esquartejamento enquanto fazia programa na avenida Autaz Mirim, no bairro do São José Operário, na zona Leste de Manaus.

De acordo com informações da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), travesti foi vítima de arma branca e levou golpes de punhal, morrendo devido ao grave ferimento no tórax.

Os órgãos cabíveis foram acionados para a ocorrência. A perícia criminal confirmou a causa da morte, o Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso dos dois travestis.

Caso Pakita

O corpo de um jovem, de 17 anos, conhecido como “Pakita”, foi encontrado na manhã desta terça-feira (17), no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus.

Segundo informações preliminares, o corpo foi encontrado por volta das 6h30 e foi identificado por moradores como sendo Richard Ferreira Brasil. A vítima trajava um vestido cor de vinho quando foi encontrada em um terreno baldio, próximo a grama e mato. Ao seu lado, foram encontrados um par de sandálias e um lençol.

Familiares da vítima foram informados e se encaminharam até o local, onde realizaram o reconhecimento do corpo.

De acordo com o pai da vítima, Ivamar Ferreira de Melo, de 44 anos, Richard se prostitua e se envolvia com drogas há cerca de quatro anos.

O homem relata que o filho morava com a mãe e já havia sido ameaçado de morte no bairro Compensa, zona Oeste, onde residia com as outras filhas.

O último contato que ele teve com Richard (Pakita) foi na noite de segunda-feira (16), por volta de 18h30. O pai ressalta que sempre aconselhou o filho a seguir por outro caminho.

Policias Militares da 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência e acionaram o Departamento de Polícia Técnico-Científica do Amazonas (DPTC-AM) para realizar a perícia e identificar a causa da morte.

O Instituto Médico Legal (IML) também foi acionado para a remoção do corpo.

Ainda não há informações esclarecendo os detalhes sobre um dos casos dos dois travestis. O caso Pakita está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs).

Foto: Divulgação
Leia também: Homem é baleado após troca de tiros em Manaus



MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap