Em Manaus, ex-lutador larga jiu-jitsu para se tornar matador de facção

O ex-lutador e prodígio do jiu-jitsu, Lucas José é suspeito de ter matado ao menos 15 pessoas, entre eles, rivais de facção do tráfico de drogas
Em Manaus, ex-lutador larga jiu-jitsu para se tornar matador de facção
Em Manaus, ex-lutador larga jiu-jitsu para se tornar matador de facçãoEm Manaus, ex-lutador larga jiu-jitsu para se tornar matador de facção

Manaus – Nesta segunda (13), o ex-lutador atleta de jiu-jitsu Lucas José, 20 anos, foi preso suspeito de matar ao menos 15 pessoas. Capturado pela equipe da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), vulgo Luca foi levado para uma Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) por volta das 15h.

Conforme informações repassadas pelo comandante da 30ª Cicom, capitão Daivison Soeiro, o ex-lutador foi preso após uma denúncia anônima pelo disk denúncia 8842-1732 ter revelado a localização de Lucas, que foi preso no bairro Novo, na rua P, 32. Com o suspeito foi apreendido uma arma de fogo calibre 12, de fabricação caseira, e um caderno com anotações sobre as mortes.

“No momento da prisão, nós questionamos a ele a respeito da denúncia de que ele havia participado de mais de 15 homicídios. Em seguida, ele mesmo falou que já participou de vários homicídios não só na área da zona Leste, mas também em toda Manaus ”, disse o capitão Soeiro.

Caderno da Morte

A polícia apreendeu como prova também as anotações registradas pelo próprio ex-lutador sobre as mortes. O homem confessou que inclusive esquartejava as matadas as vítimas. Segundo os policiais da 30ª Cicom, Lucas matou sobretuto rivais de facção criminosa.

Sonho frustrado

A mãe de Lucas informou ao policiais da 30ª Cicom que o rapaz era lutador de Jiu-Jitsu, e que antes da pandemia estava em São Paulo treinando para viajar para os Estados Unidos, onde participaria de um campeonato.

“Ele tinha um futuro promissor, mas veio uma pandemia e ele não pôde ir para o exterior. Ele acabou voltando para Manaus e de lá para cá para cá se envolveu no mundo do crime e tem todos esses homicídios nas costas ”, revelou o capitão Soeiro. O ex-lutador está preso na DEHS onde aguarda os procedimentos cabíveis.

Leia também: Após confusão, homem atira na própria irmã no interior do AM; veja vídeo

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap