Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

10 de agosto, 2022

Em Manaus, jovem é encontrado morto com perfurações no corpo após deixar facção criminosa

Um jovem identificado como Erick Barbosa da Silva, 22, foi encontrado morto depois de deixar uma facção criminosa. Ele estava enterrado em uma cova rasa localizada na rua Riacho Fundo, comunidade União da Vitória, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus, na tarde do último domingo (21).

Erick estava com mãos e pés amarrados, braços quebrados e com sete perfurações na região das costas.

Conforme informações repassadas à polícia, o jovem saiu na madrugada de domingo com um homem em uma motocicleta, mas não retornou para sua residência.

De acordo com um policial da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que preferiu não se identificar, a família tentou entrar em contato com Erick, mas não obteve sucesso em nenhum momento.

“A família achou estranho quando ele não voltou, eles chegaram a ligar para a namorada de Erick e a moça disse que não sabia do seu paradeiro. Foi nesse momento que eles decidiram procurar o jovem e acabaram encontrando ele dentro de uma espécie de cova rasa”, disse o policial.

O corpo do jovem foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) para os procedimentos cabíveis.

Sigla de facção criminosa

A polícia informou que Erick era integrante de uma facção criminosa atuante na capital amazonense, mas eles não souberam informar qual seria esse grupo.

Entretanto, após a morte do jovem, foram encontradas pichações nas residências da localidade com a sigla da facção Família do Norte (FDN), comandada pelo narcotraficante “Zé Roberto da Compensa”.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) vai fazer uma investigação em torno do caso para saber a real motivação na morte de Erick.

Da Redação

MATERIAS RELACIONADAS