Enfermeiro parintinense morre vítima da Covid-19 em Manaus

enfermeiro parintins
Douglas Barbosa tinha 59 anos e estava internado no Hospital Samel. Ele foi o terceiro profissional de saúde de Parintins que faleceu em decorrência do vírus
Por João Paulo Castro
Publicado em 14/07/20 às 09h59

Manaus – O enfermeiro parintinense Douglas Barbosa, de 59 anos, faleceu na madrugada desta terça-feira (14) em Manaus, vítima do novo coronavírus (Covid-19). A informação foi confirmada pelos familiares através das redes sociais.

Douglas estava internado no Hospital Samel há oito dias. Porém, o quadro de saúde dele se agravou e não resistiu ao coronavírus.

Ele atuava no Hospital Jofre Cohen, unidade referência no tratamento a Covid-19 em Parintins, a 369 quilômetros de Manaus. Douglas trabalhou como técnico de enfermagem por 19 anos e graduou em Enfermagem no ano de 2017.

Além disso, Douglas era graduado em Biologia na Universidade Estadual do Amazonas (UEA) e foi agente de saúde da Prefeitura de Parintins.

Luto na enfermagem de Parintins: Coronavírus mata enfermeiro Douglas Batista
A Prefeitura de Parintins deve se pronunciar sobre o falecimento de Douglas Barbosa – Foto: Divulgação

O enfermeiro deixa seis filhos, três homens e três mulheres, era casado com a professor Ruth dos Santos Barbosa e tinha uma carreira consolidada na saúde parintinense.

Reginaldo Santos, que trabalhavam com Douglas em Parintins, lamentou a morte do seu grande amigo. “Teu sorriso e companheirismo tornou-se uma marca registrada no ambiente de trabalho. Vamos se encontrar na eternidade. A enfermagem de Parintins está em luto. Nossos corações hoje choram que Deus conforte a cada um de seus familiares e amigos”, falou bastante emocionado.

Morte de profissionais da saúde

Douglas Barbosa foi o terceiro profissional da saúde da Ilha Tupinambarana que faleceu vítima da Covid-19.

O médico peruano Rodolfo Garcia Arizmendi foi o primeiro profissional da saúde de Parintins que faleceu em decorrência do coronavírus. Ele ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Delphina Aziz no dia 22 de abril e faleceu no dia 5 de maio.

Rodolfo trabalhou em Parintins há mais de 20 anos e era bastante conhecido nas comunidades rurais do município.

Renato Menezes, médico ortopedista do Hospital Padre Colombo, foi o segundo profissional saúde e Parintins que faleceu em decorrência da Covid-19. Ele chegou a ficar internado na UTI do Hospital Adventista, mas foi transferido para o Hospital 9 de Julho, em São Paulo.

Na época, o prefeito de Parintins, Frank Bi Garcia (DEM), falou que Renato era um profissional exemplar.

“Ele foi o exemplo de homem admirável da forma que vivia na nossa sociedade. Eu quero deixar aqui de público o meu reconhecimento a esse grande cidadão que parte, mas deixa um legado para muitas gerações”, disse.

Rodolfo (esquerda) e Renato (direita – Fotos: Divulgação

Números

Segundo a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), o Amazonas totaliza 84.412 casos confirmados por Covid-19, sendo 30.640 em Manaus, 53.772 no interior e 3.048 óbitos em decorrência do vírus.

Parintins soma 2.907 casos confirmados, 89 óbitos, 23 pacientes internados e 7.450 casos notificados.

enfermeiro parintins

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link