Eric Gamboa é exonerado da Comunicação da Prefeitura de Manaus

A saída de Eric Gamboa da pasta já era anunciada nos bastidores desde o ano passado, quando o então secretário foi denunciado no Ministério Público do Amazonas (MPAM), por suposta fraude nas eleições de conselheiros tutelares, em novembro do ano passado.
Por redacao
Publicado em 14/02/20 às 11h09
Eric Gamboa

O jornalista Eric Gamboa de Jesus foi exonerado do cargo de secretário municipal de Comunicação da Prefeitura de Manaus. Quem assume a pasta agora é Kellen Cristina Veras Felisardo Lopes, tendo como subsecretária, Alita Amanda Falcão. A informação sobre a exoneração foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) nessa quinta-feira (13).

A saída de Eric Gamboa da pasta já era anunciada nos bastidores desde o ano passado, quando o então secretário foi denunciado no Ministério Público do Amazonas (MPAM), por suposta fraude nas eleições de conselheiros tutelares, em novembro do ano passado.

A denúncia era de que um dos candidatos a vaga teria sido beneficiado com a impressão de santinhos, por meio da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom). Outro motivo que era cogitado na ocasião, era de que Eric Gamboa não vinha aguentando a pressão do prefeito Arthur Neto, durante o andamento do “Caso Flávio”.

Veja a nota divulgada por Eric Gamboa na manhã desta sexta-feira (14)

Leia nota na íntegra:

Amigos parceiros, agradeço imensamente o apoio ao longo do período em que ocupei o cargo de secretário de Comunicação. Obrigado a todos por termos pautado nossa relação no respeito mútuo e no profissionalismo. Foram mais de três anos na Semcom. Seis meses como subsecretário e dois anos e sete meses como secretário. Deixo o cargo, mas não a Prefeitura, de onde sou servidor efetivo. Mais que isso, sigo em outras missões a mim confiadas pelo prefeito Arthur, mas por ora, dedicarei-me exclusivamente à família. 

Até breve e desejo sucesso a todos. 

Eric Gamboa

Portal Tucumã – Compartilhando informações!

Leia mais: Arthur Neto não investe na saúde municipal, diz Alessandra Campêlo

MATÉRIAS RELACIONADAS