Ernesto Araújo diz que Brasil está com “copo meio cheio” em relação à fabricação de vacinas

O antichanceler ainda afirma que é preciso olhar o que está acontecendo também em outros países
Por Redação
Publicado em 21/01/21 às 14h28

Pressionado pelos deputados da comissão da Covid sobre a crise das vacinas, Ernesto Araújo disse que é preciso olhar o que está acontecendo também em outros países. O antichanceler afirmou que as críticas são diárias na França pela falta de vacinação e que, na Itália, o governo está processando a empresa que deveria fornecer o imunizante. “E isso por que a UE está se coordenando há meses esse processo. Mas todo dia a gente vê dados sobre a escassez da vacina. Tenho certeza que o Brasil está muito melhor que isso.”, afirmou.

Segundo ele, “talvez nós precisemos ver o copo metade cheio”. “Temos várias coisas que já estão funcionando: temos duas vacinas aprovadas pela Anvisa, temos capacidade logística, capacidade produtiva, e vamos conseguir, se Deus quiser, o que está faltando de insumos”.

Araújo também comparou a situação do Brasil com o que ocorre na China e na Índia, que, segundo ele, “estão com capacidade de vacinação extremamente baixa”. “E isso por que produzem lá em alta quantidade, tem insumos e o produto final.” Ele diz que a Índia vacinou apenas 0,03% de sua população, enquanto a China imunizou apenas 0,07%. “O desafio é multidimensional e complexo. Tenho certeza que enfrentaremos melhor do que muitos desses países.”

Fonte: O Antagonista

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap