‘Eu prefiro enfrentar José Ricardo no segundo turno’, diz Capitão Alberto Neto

Capitão Alberto Neto e José Ricardo
Capitão Alberto Neto disse que seria interessante uma disputa entre "Direita e Esquerda"
Por Edilânea Souza
Publicado em 11/08/20 às 04h15

O pré-candidato a prefeito de Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos) disse com exclusividade ao Portal Tucumã, nesta terça-feira (11), que em um possível segundo turno nas eleições municipais para a vaga de prefeito de Manaus gostaria de enfrentar um candidato da esquerda, no caso José Ricardo, do Partido dos Trabalhadores (PT).

“É igual a um time de futebol você vai disputar um campeonato e não escolhe o adversário, tem que enfrentar todos para poder ser campeão. Na política é bem parecido, você não pode escolher o Amazonino (Podemos), o David (Avante), o José Ricardo. Mas eu gostaria de enfrentar o José Ricardo porque é do PT e seria um bom duelo entre ‘Direita e Esquerda'”, afirmou o Capitão.

Alberto Neto disse ainda que se a ‘Direita’ não se unir, a esquerda vai “passar por cima”, porque está tendo uma movimentação de união entre partidos de esquerda.

Acredito que se a Direita não se unir o José Ricardo se torna muito forte e seria um prejuízo muito grande para à cidade. O jeito “PT de governar” dita pelo ex-presidente Lula recentemente sobre Manaus. Subi na tribuna e falei: Que jeito PT de governar é esse? Roubando? Desviando recursos públicos e na Segurança Pública com o maior número de homicídios da nossa história, esse é o jeito PT de governar?”, indagou Alberto Neto.

Alberto Neto disse ainda que o PT fez muita “maquiagem e pouco serviço” se referindo à Educação, que segundo o deputado federal, foi um dos piores índices na América Latina, durante o governo do PT.

Leia mais: Enquanto população reclama de preço de aplicativos, vereadores seguem calados na CMM

Vereadores calados

Desde a semana passada usuários do transporte por aplicativos reclamam das altas taxas que estão sendo praticadas na cidade de Manaus. O Portal Tucumã vem dando destaque as diversas denúncias que chegam na redação.

Enquanto a população reclama nas redes sociais, os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) seguem calados e preferem tocar em temas internacionais, como no caso da Lei do Aborto aprovada na França e que ganhou grande repercussão no Twitter, sendo um dos assuntos mais comentados até o momento.

Capitão Alberto Neto e José Ricardo

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap