‘Eu quero ver ter coragem para tributar os mais ricos’, dispara Plínio Valério ao governo Bolsonaro

Para o senador do Amazonas, o projeto do Governo Bolsonaro prejudica as pessoas de menor renda
Por Isac Sharlon
Publicado em 05/08/20 às 05h57

Manaus – O senador amazonense Plínio Valério (PSDB) criticou duramente, nesta quarta-feira (5), o governo do presidente Jair Bolsonaro. “Sempre arrebentando no elo mais fraco da corrente”, postou o parlamentar, sobre o posicionamento dos auditores fiscais que dizem que propostas do atual governo prejudicam os mais pobres.

“Como votar mais um tributo que penaliza os menos favorecidos e deixar de lado, mais uma vez, os mais ricos? Aí é fácil. Quero ver coragem para apoiar minha proposta de taxação das grandes fortunas que apresentei em março do ano passado”, disparou o parlamentar, acrescentando que: “é o que eu tenho alertado. Criar novos tributos ou aumentar a carga tributária, isso qualquer um faz. Eu quero ver é ter coragem para tributar os mais ricos”.

Associações de auditores fiscais afirmam que é necessário mudar o foco das propostas de reforma tributária, deixando de lado a questão dos tributos sobre consumo e folha de pagamento e priorizando o aumento da arrecadação em cima da renda e patrimônio dos mais ricos.

Na avaliação dessas instituições, tanto o projeto do governo já apresentado de reforma do PIS/Cofins, como os estudos de substituição de parte da contribuição previdenciária por um tributo sobre transações, nos moldes da antiga CPMF, prejudicam as pessoas de menor renda.

LEIA TAMBÉM:

Máscaras em toda Manaus

A obrigatoriedade no uso de máscaras em locais públicos voltou a ser assunto debatido durante a sessão na Câmara Municipal de Manaus (CMM), esta semana. O vereador Dante Souza (PSDB) manteve posicionamento contrário ao projeto do vereador Chico Preto (DC), que altera o artigo primeiro da Lei 2.643/2020, que dispõe sobre as especificações dos locais onde devem ser usadas as máscaras.

O vereador Dante apresentou fotos que mostram que o “afrouxamento” quanto ao uso obrigatório do acessório, em alguns locais, não está sendo respeitado e que as pessoas acreditam que já passou a pandemia. Foram citados pelo parlamentar locais como os restaurantes, calçadão da Ponta Negra e do comércio no Centro de Manaus com aglomeração.

Afronta à família

O vereador Fred Mota (Republicanos) criticou, nesta quarta-feira (5), um livro do youtuber Felipe Neto, que segundo ele, estimula as crianças a praticas sexuais. Para o parlamentar, a obra que está sendo vendida na seção de livros infantis, é uma afronta à família e que os pais precisam repudiar esse material.

Falta investigação

O presidente em exercício da Câmara Municipal de Manaus, vereador Hiram Nicolau (PSD), demonstrou insatisfação com a falta de investigação quanto aos pacientes de hospitais particulares da capital que estavam encaminhando seus clientes com suspeita de Covid-19 para o hospital de campanha.

O vereador ainda destacou um caso recente, denunciado pelo deputado estadual Serafim Corrêa, em que uma cliente de um convênio médico particular, teve o atendimento recusado pelo hospital e cobrou uma investigação quanto a estes casos.

Edição: Isac Sharlon

LEIA MAIS:

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap