sexta-feira, 27 de maio de 2022

Bastidores da Política

Ex-secretário no AM será candidato em São Paulo

Rossiele foi secretário de Educação no Amazonas
ex-secretário amazonas candidato são paulo

Rossieli Soares deixou o comando da Secretaria da Educação paulista para concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de outubro deste ano. Rossiele foi secretário de Educação no Amazonas durante o período de 2013-2016.

Ele deixa o cargo um dia depois de João Doria (PSDB) renunciar ao cargo de governador para concorrer à Presidência da República. Rossieli se filiou ao PSDB.

O ex-secretário estava à frente da Secretaria da Educação desde janeiro de 2019. Quando foi escolhido para comandar a maior rede de ensino do país, foi anunciado pelo então governador João Doria como um secretário com “status ministerial”.

Antes de assumir o cargo em São Paulo, Rossieli havia sido ministro da Educação do governo Michel Temer (MDB), de abril a dezembro de 2018, e também ocupou a secretaria de Educação Básica do MEC.

Rossieli assumiu a secretaria paulista com a missão de pôr São Paulo na liderança do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), principal instrumento de avaliação da área.

Ao longo de sua gestão na Seduc, Rossieli estreitou suas ligações políticas com Doria e o PSDB. Desde o ano passado, o secretário passou a figurar em uma série de eventos do partido, que governa o estado desde 1995, ao lado de Doria e de Rodrigo Garcia, candidato ao Palácio dos Bandeirantes.

Agora, candidato a uma vaga na Câmara dos Deputados, Rossieli deverá explorar como principal bandeira as ações que fez para o retorno das aulas presenciais durante a pandemia. São Paulo foi um dos primeiros estados a autorizar a volta depois de forte pressão de pais e de donos de colégios da rede particular.

LEIA TAMBÉM: Vídeo: torcida do Brasil de Pelotas expulsa nazista de arquibancada

Acompanhe as redes sociais do Portal Tucumã

MATERIAS RELACIONADAS