Familiares da criança que morreu durante incêndio aguardam liberação do corpo

familiares incêndio corpo
O incêndio aconteceu na manhã desta sexta-feira (12) na Zona Leste de capital.
Por João Paulo Castro
Publicado em 12/06/20 às 10h59

Foto: Reprodução/Portal Tucumã

Os familiares do pequeno Alecsandro Erick Barbosa da Silva, de apenas 6 anos, esperam a liberação do Instituto Médico Legal (IML) para fazer o velório e sepultamento da criança.

Alecsandro morreu nesta sexta-feira (12) vítima de um incêndio em uma residência localizada no Beco Sorte, bairro São José 2, Zona Leste de Manaus.

A família informou que o IML aguarda chegada de um médico para finalizar a autópsia.

De acordo com os vizinhos, os pais da vítima não estavam em casa, eles saíram para trabalhar, mas retornaram quando souberam do incêndio. Alecsandro estava em casa com outros dois irmãos, sendo uma de quatro e outro de nove anos.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), a criança de quatro anos não ficou feriada e a de nove anos teve ferimentos no braço e foi levada para o Hospital Joãozinho.

Incêndio

O Corpo de Bombeiros informou que recebeu a chamada do incêndio às 10h06. Ao chegarem no local, a equipe constatou que os vizinhos conseguiram retirar três crianças do imóvel, sendo uma com ferimentos, uma ilesa e uma em óbito.

Vizinhos ajudaram a controlar as chamas antes da chegada do Corpo de Bombeiros. As crianças estavam sozinhas na residência quando o incêndio começou.

Foto: Divulgação

Em meio aos destroços, apenas um bíblia não sofreu impacto com as chamas.

Prisão

A mãe de Alecsandro, identificada apenas como Jessica, foi detida pelos policiais da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), sendo autuada por abandono de incapaz.

Com isso, um grupo de moradores bloquearam a avenida Nathan Xavier, Zona Norte da capital, para fazer uma manifestação contra a ação da polícia.

“O que aconteceu foi uma fatalidade, a Jessica não é nenhuma vagabunda e nem mulher de vida fácil, ela saiu para trabalhar e colocar o pão de cada dia na mesa da crianças. Que Justiça é essa? Peço pelo amor de Deus que soltem a Jessica”, falou uma das moradoras que preferiu não se identificar.

moradores protesto mãe
O trânsito ficou lento no local. Foto: Reprodução/Portal Tucumã

Jessica deve passar por audiência de custódia amanhã (13).

Por João Paulo Castro com informações de Davi Souza

Leia também: Casal sofre grave acidente no bairro Nova Cidade

familiares incêndio corpo

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link