quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Flamengo x Grêmio é maior ibope da história da Libertadores no Rio de Janeiro

A goleada de 5 a 0 imposta pelo Flamengo ao Grêmio no jogo de volta das semifinais da Copa Libertadores se tornou a maior audiência da história do torneio no Rio de Janeiro. Com o resultado, o time rubro-negro está de volta a uma final da competição mais importante da América do Sul após 38 anos.

A partida entre os times brasileiros alcançou 52 pontos com 70% de participação no RJ. Isso quer dizer que, a cada dez televisores ligados, sete estavam na Globo. Os números ainda garantiram ao jogo o status de recorde de audiência do futebol como um todo em 2019. E mais: excetuando-se jogos da seleção brasileira, este foi o maior ibope dos últimos 15 anos, desde que o Flamengo perdeu a final da Copa do Brasil para o Santo André, em 30 de junho de 2004. À ocasião, foram 53 pontos.

Em Porto Alegre, a audiência foi bem parecida com a alcançada no jogo de ida. Ao todo, foram 44 pontos com 64% de participação. O número foi o maior alcançado pela Globo na capital do Rio Grande do Sul desde o jogo de volta da final da Libertadores de 2017, quando o Grêmio bateu o Lanús e conquistou o tricampeonato do torneio. À época, foram 51 pontos.

Por fim, em São Paulo, mesmo sem a presença de um clube do estado na disputa, a partida obteve o recorde da Libertadores de 2019. Foram 32 pontos com 48% de participação. Para se ter uma ideia, Flamengo x Grêmio ficou apenas um ponto abaixo do jogo de volta da semifinal do ano passado, quando o Palmeiras foi eliminado pelo Boca Juniors.

Segundo a medição do Ibope, cada ponto de audiência alcançado equivale a 73.015 residências (ou 200.766 pessoas) na Grande São Paulo. No Rio de Janeiro e região metropolitana, cada ponto é equivalente a 46.175 residências (ou 118.440 telespectadores). Já em Porto Alegre e região metropolitana, cada ponto significa 15.742 residências (ou 41.003 telespectadores) acompanhando a partida.

Por MSN Esporte

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também