Gás de cozinha fica 5% mais caro a partir desta quinta-feira (3)

No acumulado do ano, já são 21,9% de alta, o equivalente a R$ 6,08 em cada botijão
Por Edilânea Souza
Publicado em 03/12/20 às 11h54
Gás de cozinha
Gás de cozinha

A Petrobras informou nesta quinta-feira (3), que o valor do botijão de gás de cozinha de 13 quilos, será reajustado em 5% nas refinarias, a em todo o Brasil. O último reajuste foi feito no início de novembro, quando foi a aplicada a mesma porcentagem, de 5%, por unidade do GLP. 

Neste ano de 2020, o preço do gás teve uma queda acentuada em razão da pandemia. Depois, a partir de maio, os valores voltaram a subir. No acumulado do ano, já são 21,9% de alta, o equivalente a R$ 6,08 em cada botijão. 

Este é o aumento que a Petrobras aplicará às refinarias. O aumento pode ser repassado ou não ao consumidor pelas distribuidoras, e pode ser ainda maior.

Alta no mercado internacional

Em nota, a Petrobras informou que a metodologia para definir o preço do gás aqui acompanha os movimentos do mercado internacional, para cima e para baixo.

“Os preços de GLP praticados pela Petrobras seguem a dinâmica de commodities em economias abertas, tendo como referência o preço de paridade de importação, formado pelo valor do produto no mercado internacional, mais os custos que importadores teriam, como frete de navios, taxas portuárias e demais custos internos de transporte para cada ponto de fornecimento”, disse a empresa. 

Com informações CNN

Leia mais: PIB cresce 7,7% do segundo para o terceiro trimestre, diz IBGE

Gás de cozinha

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap