Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

10 de agosto, 2022

Governo do AM avança obras do primeiro Centro de Prevenção do Câncer do Colo do Útero

Cepcolu vai ser exclusivo para o tratamento das lesões pré-malignas no colo do útero
(Foto: Divulgação)

Manaus (AM) – O Governo do Amazonas segue avançando com as obras de construção do Centro Avançado de Prevenção do Câncer do Colo do Útero do Amazonas (Cepcolu), anexo à Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon). A estrutura de referência vai resolver um problema histórico de, pelo menos, três décadas no estado.

O Cepcolu vai ser exclusivo para o tratamento das lesões pré-malignas no colo do útero, que são causadas por inflamações persistentes de tipos oncogênicos do Papilomavírus Humano (HPV).

De acordo com o diretor-presidente do FCecon, mastologista Gerson Mourão, a obra representa um dos maiores pilares histórico para a diminuição e a incidência do câncer de colo uterino.

“Aqui na nossa fundação, nós realizamos mais de 95% dessas cirurgias, que são preventivas. Com esse Centro, vamos evitar que essa mulher chegue aqui, sem mais condições de serem operadas, e vamos evitar que a cada dois dias morra uma mulher por câncer do colo uterino”, afirmou.

Segundo a gerente do serviço de Ginecologia da FCecon, Mônica Bandeira, a estrutura vai ser de um hospital-dia, ou seja, sem a necessidade de internação. Assim, após a cirurgia, a paciente retorna para casa.

“O objetivo é um só: resolver e tratar as inflamações pré-cancerosas que essas mulheres apresentam nos seus exames preventivos. Então, vai ser um hospital objetivamente para fazer a cirurgia de conização. A paciente não precisa se quer ser internada”, disse a gerente.

Conização

Uma vez descobertas as lesões, chamadas de neoplasia intra-epitelial cervical de grau II e III e o câncer ‘in situ’, a mulher será encaminhada para realizar a conização na Fundação Cecon ou na Policlínica Gilberto Mestrinho. Só no primeiro semestre deste ano, a Fcecon realizou mais de 200 conizações.

“A conização é a retirada de inflamações pré-cancerosas no colo do útero, é uma cirurgia ambulatorial que, na sua grande maioria, a paciente não precisa ocupar um leito. Dessa forma, vamos conseguir desafogar os leitos de internação da Fundação, aumentando outros tipos de atendimentos”, explicou a gerente Mônica Bandeira.

Estrutura
A estrutura conta com quatro salas cirúrgicas e quatro consultórios para as conizações e um anfiteatro, onde serão ministrados cursos, treinamentos, habilitação e qualificação de profissionais de saúde nas patologias do trato genital inferior.

A obra está avaliada em R$ 2,5 milhões, oriundos do Fundo Estadual de Saúde (FES), repassado pelo Governo do Amazonas.

Leia Mais:

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS