Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

10 de agosto, 2022

Grupo criminoso confessa ter matado rivais de forma brutal em Manaus

MANAUS (AM) – Brendo Mikael Amorim Cacella Ferraz, 20, conhecido como “Gato Preto”,  Marcos Jorge da Silva Costa, 20, o vulgo “Piloto”, Paulo Victor Souza da Silva, 21, também chamado no mundo do crime por “Gordinho” “ou Lúxuria” e Carleandro Cândido, 21, foram presos pela Polícia Civil (PC-AM) na tarde desse domingo (12), após um assalto em um mercadinho, em Manaus.

O quarteto é apontado como o autor de pelo menos 4 homicídios ocorridos na cidade de Manaus.

Conforme a delegada Tamara Albano, durante a prisão, Gato Preto, Piloto e Lúxuria confessaram a autoria de ao menos dois crimes: “Informaram a participação deles em dois homicídios. Um teria ocorrido acontecido no dia 1° de maio, no bairro do Educandos, e ainda em um outro homicídio que teria sido praticado na madrugada do próprio sábado, dia 11”.

Tamara detalha que a vítima do segundo homicídio é Alan Barbosa, um traficante e desafeto direto da faccionados. Outro alvo do grupo foi um homem identificado apenas como Aldernir ou “Belo”, que foi morto no dia 1° de maio na Balsa Amarela.

“Juntos aos familiares nós colhemos que a vítima era apenas usuário, mas na versão dos próprios assassinos, ele era membro de uma facção rival e por essa razão ele teve essa morte decretada e eles foram os executores naquele dia”, explica o delegado Ricardo Cunha.

MATERIAS RELACIONADAS