Grupo Detonautas é ameaçado de processo por Michelle Bolsonaro e Tico Santa Cruz rebate primeira-dama

tico santa cruz
Recentemente o Detonautas lançou uma música fazendo sátira com o depósito feito por Fabrício Queiroz e Flávio Bolsonaro na conta de Michelle
Por João Paulo Castro
Publicado em 26/09/20 às 12h29

Manaus – A primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, ameaçou entrar com uma ação judicial contra a banda de rock Detonautas. Recentemente o grupo lançou a música ‘Micheque’, uma sátira com o depósito de R$ 89 mil que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz e a mulher, Márcia, fizeram em sua conta.

“Hey, Michelle, conta aqui para nós. A grana que entrou na sua conta é do Queiroz? Levante a mão pro alto e agradeça muito a Deus. Hey, capitão, como isso aconteceu?”, diz o refrão da música.

Circula nos bastidores que a esposa de Jair Bolsonaro (Sem Partido) ficou irritada com a música e ela coliga processar a banda por calúnia, injúria e difamação. Até o momento ela não se manifestou publicamente sobre o caso.

Em entrevista ao site UOL, o cantor Tico Santa Cruz, líder do Detonautas, não poupou críticas a Michelle Bolsonaro. “Ela deveria cobrar do presidente uma explicação, para que deixe de ser o alvo, não cobrar de quem pergunta”, disse.

Logo em seguido, o roqueiro entendeu a atitude da primeira-dama como censura.

“Como a gente está num país democrático, você tentar de alguma forma intimidar, mesmo através de uma ação, um artista que fez um questionamento, que fez apenas uma pergunta, que não fez nenhuma afirmação e nem foi desrespeitoso, sinto como um flerte com uma atitude de censura, sim. É como se fosse um aviso”, reitera.

Com informações do UOL
Foto: Reprodução

tico santa cruz

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap